Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Queda nas ações pode fazer com que a Apple perca o posto de empresa mais valiosa para a Microsoft

As ações da empresa recuavam 3,5%, para US$ 147,30 no pré-mercado, o que implica um valor de mercado da Apple de US$ 2,417 trilhões se as perdas se mantiverem no pregão regular.
Foto: Reprodução/Internet

A Apple pode perder seu posto de empresa de capital aberto mais valiosa do mundo para a Microsoft se as suas ações continuarem caindo. Problemas na cadeia de fornecimento global prejudicaram as vendas da Apple durante o quarto trimestre fiscal, com o resultado do período frustrando expectativas de Wall Street. 

O presidente-executivo da companhia, Tim Cook, disse que o impacto será ainda pior no trimestre atual. “Em comparação com os pares FAANG menos focados em hardware, a Apple também está muito mais exposta a interrupções na cadeia de suprimentos”, disse Sophie Lund-Yates, analista de ações da Hargreaves Lansdown.

As ações da empresa recuavam 3,5%, para US$ 147,30 no pré-mercado, o que implica um valor de mercado da Apple de US$ 2,417 trilhões se as perdas se mantiverem no pregão regular. As ações da Microsoft subiam 0,7%, para US$ 324,60, equivalente a um valor de mercado de US$ 2,437 trilhões. 

conteúdo patrocinado

A Apple, que recomprou US$ 421,7 bilhões em ações ao longo dos anos, anunciou um programa de recompra de US$ 90 bilhões em abril. Como resultado, o estoque de papéis em circulação da empresa continua diminuindo, encerrando seu quarto trimestre fiscal com 16,4 bilhões de ações.

No outro lado da balança comercial, as ações da Microsoft subiram mais de 45% este ano, com a demanda por seus serviços baseados em nuvem impulsionando as vendas. As ações da Apple subiram 15% até agora.

O valor do mercado de ações da Apple ultrapassou o da Microsoft em 2010, quando o iPhone a tornou a principal empresa de tecnologia de consumo do mundo. As empresas se revezaram como os negócios mais valiosos de Wall Street nos últimos anos, com a Apple detendo o título desde meados de 2020.

Analistas dizem que a Apple administrou bem a questão da cadeia de suprimentos, mas com o CEO alertando sobre mais pressão, a porta está aberta para um golpe em seu desempenho com o início da temporada de festas.

Em contraste, a Microsoft estimou na última terça-feira (26) um final forte para o ano graças ao seu crescente negócio na nuvem, mas alertou que os problemas da cadeia de suprimentos continuarão afetando unidades importantes, como as que produzem seus laptops Surface e consoles de jogos Xbox.

 

Fonte: Forbes Brasil

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado