Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Empreendedorismo voltou a registrar queda no Brasil em 2021

(Foto: Antoni Shkraba/ Pexels)

O interesse pelo empreendedorismo voltou a registrar queda no Brasil em 2021. Segundo dados do levantamento Global Entrepreneurship Monitor (GEM), coordenado pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade, o volume de pessoas, entre as faixas de 18 e 64 anos, que tinham o negócio próprio na formalidade ou buscaram iniciar não ultrapassou 43 milhões. No ano anterior, o número chegou a 44 milhões. Já em 2019, foi de 53,4 milhões de brasileiros.

Com o dado desfavorável, tem um ponto positivo. O país subiu duas posições no ranking global de empreendedorismo total, passando do sétimo em 2020, para o quinto lugar em 2021, ficando atrás da República Dominicana (45,2%); Sudão (41,5%); Guatemala (39,8%) e Chile (35,9%). Entre os 47 países listados, o Canadá ocupa o oitavo lugar das nações com maiores taxas de empreendedorismo (27,4%); os Estados Unidos a 14ª posição (24,5%) e a Noruega o último lugar, com apenas 6,6% da população adulta empreendendo.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado