Em 2022, preços quase dobraram na Argentina

Foto: Reprodução

A inflação na Argentina atingiu nível mais alto em mais de 30 anos. Dados do governo apontam que os preços subiram 94,8% ao longo dos 12 meses de 2023.

O país viu os preços subirem à medida que o custo das commodities subiu. ALém disso, houve o aumento de custos em áreas como restaurantes, hotéis, bebidas alcoólicas e tabaco, que subiram cerca de 7%.

Em uma base mensal, a taxa de inflação mensal da Argentina ficou em 5,1% em dezembro. Apesar de alto foi um número comemorado, pois ficou abaixo do pico de 7,4% em julho

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado