Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Twitter vai demitir mais 10% dos seus funcionários

Foto: Freepik

O Twitter, uma das principais redes sociais do mundo, liderada por Elon Musk, bilionário e fundador da SpaceX e Tesla, anunciou a demissão de pelo menos 200 funcionários, correspondendo a 10% de sua força de trabalho restante, de acordo com informações divulgadas pelo jornal New York Times. Essas demissões ocorrem apesar da promessa feita por Musk em novembro de que não haveria mais demissões em massa no Twitter.

Com essas demissões, a equipe do Twitter diminuiu para menos de 2.000 funcionários em comparação aos 7.500 que estavam na empresa desde a aquisição de Musk. Entre os demitidos, estão gerentes de produto, especialistas em big data, engenheiros da plataforma e Esther Crawford, uma das líderes mais influentes e confiáveis de Musk.

Crawford, que ficou conhecida por postar em suas redes sociais uma foto dela mesma dormindo no chão de seu local de trabalho na empresa, era uma das remanescentes da equipe antiga da plataforma e ascendeu rapidamente na nova administração do Twitter. Sua demissão foi uma grande surpresa para muitos funcionários, que a consideravam uma líder forte e importante.

conteúdo patrocinado

As demissões ocorrem em meio a uma série de mudanças no Twitter, incluindo a mudança para um modelo de negócios baseado em assinatura, a implementação de novos recursos de monetização para criadores de conteúdo e a tentativa de combater a desinformação e o discurso de ódio na plataforma.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado