Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Consumo de proteínas cai no Brasil, exceto pela carne de porco, segundo Kantar

Foto: Fabio Rodrigues-Possebom/Agência Brasil

O consumo de proteínas está sofrendo alterações significativas no Brasil, de acordo com uma recente pesquisa da plataforma online Kantar. Realizado no primeiro trimestre deste ano, o estudo mostra uma queda geral no consumo de proteínas, apesar do aumento da preferência pela carne de porco.

A inflação é apontada como o principal motivador dessas mudanças nos hábitos alimentares dos brasileiros. O consumo geral de proteínas caiu 9% neste período, em contraste com uma queda de 6% em alimentos e bebidas.

A pesquisa, que envolveu 3.800 participantes, revelou que a carne bovina, que representava 43,1% do consumo no primeiro trimestre de 2021, diminuiu para 39% em 2023. Por outro lado, a carne suína viu um aumento de 4,6% em 2021 para 9,1% em 2023.

Publicidade

Embora as salsichas e linguiças tenham tido destaque em 2022, a pesquisa Kantar mostra que essas proteínas mais baratas perderam importância na mesa dos brasileiros em 2023. Da mesma forma, o consumo de peixes e frutos do mar se manteve estável em relação a 2022, mas diminuiu em relação a 2021.

Aurelia Vicente, diretora do Painel de Uso da Kantar, em entrevista à Agência Brasil, acredita que há uma tendência para uma retomada do consumo de proteínas mais baratas, como a carne de frango, à medida que a inflação começa a diminuir. No entanto, o futuro dependerá muito do comportamento dos preços.

Muitas empresas, como JBS, Marfrig e Minerva, estão concentrando esforços no mercado externo e dependendo do apoio governamental para conquistar novos mercados.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado