Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Caio Megale assume liderança do Comitê de Economia do LIDE

(Foto: XP/Divulgação)

O executivo Caio Megale, economista-chefe da XP Investimentos, assumiu cargos de destaque no grupo LIDE, liderado por João Doria, empresário e ex-governador de São Paulo. Megale passa a ocupar a presidência da divisão de Economia do LIDE, responsável por debates econômicos e conhecida como LIDE Economia, além de integrar o Comitê de Gestão do grupo. Vale destacar que Megale já havia trabalhado com Doria anteriormente, quando foi secretário da Fazenda da cidade de São Paulo durante o mandato do então prefeito (2017-2018).

Após sua passagem pela Secretaria da Fazenda na capital paulista, Megale ocupou cargos de liderança no Ministério da Economia de Paulo Guedes. Ele atuou como secretário de Desenvolvimento da Indústria e Comércio e como diretor de Programas no ministério entre 2019 e 2020, antes de retornar ao setor privado por meio da XP. Além disso, ele também teve cargos em instituições como Itaú Unibanco, Lloyds Asset Management e Gávea Investimentos. Sua nova posição no LIDE é voluntária e tem previsão de duração de dois anos.

Em sua nova função, Megale revelou que pretende convidar três ou quatro economistas para se juntarem a ele no comitê, que funcionará como um think tank, ou seja, um centro de estudos e debates sobre questões econômicas. O comitê abordará temas atuais, como o futuro das taxas de juros ao redor do mundo e o impacto da inteligência artificial na economia.

Publicidade

Além de presidir o comitê, Megale também fará parte do conselho executivo do LIDE, juntando-se a uma equipe formada atualmente por Luis Fernando Furlan (presidente do conselho), João Doria Neto (presidente do LIDE), Celso Lafer, Henrique Meirelles e o próprio João Doria.

Recentemente, foi estendido o convite para que o presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson de Andrade, integre esse conselho. Ele deixará seu cargo na entidade e passará a fazer parte do LIDE a partir de setembro, quando entregará a presidência da CNI para Ricardo Alban.

Carreira

Caio Megale construiu uma sólida carreira no setor privado e, entre 2017 e 2018, atuou como secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, quando João Doria era prefeito. Entre 2019 e 2020, ocupou a Secretaria Nacional da Indústria e Comércio do Ministério da Economia no governo Jair Bolsonaro. Posteriormente, ingressou na XP, uma das principais instituições financeiras do país.

O LIDE é uma organização que reúne executivos de diversos setores e defende a livre iniciativa para o desenvolvimento econômico e social. Empresas brasileiras e multinacionais com faturamento igual ou superior a R$ 200 milhões anuais podem participar do LIDE, desde que sigam as regras de governança estabelecidas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado