Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Boletim Focus: PIB sobe para 2,31% e inflação para 2023 é mantida em 4,90%

(Foto: Divulgação)

O mais recente Relatório Focus divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (28) trouxe atualizações nas projeções econômicas para os próximos anos, fornecendo insights valiosos sobre os rumos da economia brasileira. Enquanto a projeção para a inflação permaneceu estável, houve um leve ajuste nas estimativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e outros indicadores-chave. Vamos explorar os principais destaques desse relatório.

Em relação à inflação, a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2023 permaneceu inalterada em 4,90%, mantendo-se no mesmo patamar da semana anterior. Para 2024, a projeção foi ligeiramente ajustada, subindo de 3,86% para 3,87%. As projeções para os anos seguintes, 2025 e 2026, foram mantidas em 3,50%.

No que diz respeito aos preços administrados, o Relatório Focus revela um aumento nas projeções do IPCA para 2023, passando de 9,93% para 9,97%. Há um mês, essa estimativa estava em 8,90%. Para 2024, houve uma ligeira queda, de 4,30% para 4,27%, enquanto as estimativas para 2025 (3,78%) e 2026 (3,50%) permaneceram relativamente estáveis.

Publicidade

Quanto ao crescimento econômico, as projeções para o PIB em 2023 tiveram um leve ajuste para cima, avançando de 2,29% para 2,31%. Para 2024, a estimativa permaneceu em 1,33%. As projeções para 2025 (1,90%) e 2026 (2,0%) foram mantidas sem alterações significativas.

O Relatório Focus também trouxe atualizações nas projeções para a taxa básica de juros (Selic). As estimativas se mantiveram inalteradas para o final de 2023 (11,75%), 2024 (9,0%) e 2025 (8,50%). O mesmo ocorreu para a projeção de 2026 (8,50%).

Outro ponto importante é o câmbio. A estimativa para o dólar em 2023 subiu pela terceira semana consecutiva, passando de R$ 4,95 para R$ 4,98. Para 2024, a projeção se manteve em R$ 5,00, enquanto para 2025 houve um leve aumento, de R$ 5,09 para R$ 5,10. A projeção para 2026 foi mantida em R$ 5,15.

No que diz respeito ao resultado primário, as projeções permaneceram estáveis para 2023 (-1,0% do PIB) e 2024 (-0,75% do PIB). Para 2025, a estimativa continuou em -0,60% do PIB, enquanto houve um pequeno ajuste para pior em 2026, passando de -0,35% para -0,40% do PIB.

Quanto à dívida líquida do setor público, as projeções subiram para 2023 (60,60% do PIB) e 2024 (63,95% do PIB). Para 2025, houve um aumento para 66,0% do PIB, e para 2026, a projeção avançou para 68,0% do PIB.

Finalmente, o Relatório Focus destacou uma revisão para a balança comercial brasileira. A projeção para 2023 caiu para US$ 70,90 bilhões, enquanto para 2024 permaneceu em US$ 60 bilhões. Para 2025, a estimativa subiu para US$ 59,30 bilhões, e para 2026, manteve-se em US$ 57 bilhões.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado