Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

PIB dos EUA cresce no segundo trimestre de 2023

(Foto: Markus Winkler/Pexels)

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos apresentou um crescimento de 2,1% no segundo trimestre de 2023. De acordo com a segunda estimativa divulgada pelo Departamento de Comércio do país nesta quarta-feira (30). Esse resultado ficou abaixo da primeira prévia do indicador, que indicava um crescimento de 2,4%, e também se mostrou menor que as expectativas de analistas.

Comparando com o primeiro trimestre, quando o PIB americano teve uma expansão anualizada de 2,0%, o crescimento no segundo trimestre foi um pouco mais robusto.

Essas estimativas atualizadas são em grande parte resultado de revisões para baixo nos investimentos privados e nos investimentos fixos não residenciais. No entanto, essas revisões negativas foram parcialmente compensadas por um aumento nas despesas dos governos estaduais e locais.

Publicidade

O aumento do PIB em relação ao mesmo trimestre do ano passado foi impulsionado por aumentos nas despesas dos consumidores, investimentos fixos não residenciais e despesas governamentais em níveis estaduais e locais, além das despesas do governo federal. Esses fatores, no entanto, foram parcialmente contrabalançados por quedas nas exportações, investimentos residenciais fixos e investimentos privados.

Além disso, o índice de preços das compras internas brutas subiu 1,7% no segundo trimestre. Isso reflete uma revisão ligeiramente para baixo em relação às estimativas anteriores.

O índice de preços do consumo (PCE) aumentou 2,5%, porém houve uma revisão em baixa de 0,1 ponto percentual. Já o núcleo do PCE, excluindo preços de alimentos e energia, subiu 3,7%, também com uma revisão para baixo de 0,1 ponto percentual.

A renda pessoal em dólares correntes teve um aumento de US$ 232,1 bilhões, refletindo principalmente altas em remunerações, receitas de rendimentos pessoais sobre ativos e receitas de transferências pessoais correntes.

O rendimento pessoal disponível registrou um aumento de 5,9%, ou US$ 284,5 bilhões, com uma revisão para cima de US$ 36,3 bilhões em relação às estimativas anteriores. O rendimento pessoal disponível real aumentou 3,3%, com uma revisão para cima de 0,8 ponto percentual.

A poupança pessoal no segundo trimestre foi de US$ 892,3 bilhões, representando um aumento revisado para cima de US$ 22,7 bilhões . A taxa de poupança pessoal, que é a poupança como percentagem do rendimento pessoal disponível, atingiu 4,5% no trimestre, refletindo uma revisão para cima de 0,1 ponto percentual.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado