Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Energia Solar Flutuante: Cemig investe R$1,8 bi em Minas Gerais

(Foto: Pixabay/Pexels)

A geração de energia solar flutuante é a nova aposta da Cemig. A companhia, neste mês, deu início à contratação dos módulos solares para essa inovadora forma de produção energética em reservatórios de usinas hidrelétricas. Com um investimento expressivo de R$ 1,8 bilhão, a Cemig pretende implementar projetos nesse segmento em quatro reservatórios situados no estado de Minas Gerais. Estima-se que, uma vez concluídos, os projetos tenham capacidade de geração de 350 megawatts pico (MWp).

Thadeu da Silva, diretor da Cemig Geração e Transmissão, esclarece o propósito da iniciativa: “Nosso objetivo é potencializar os ativos de geração hidrelétrica do grupo”, afirmou.

A construção deve começar em janeiro de 2024 e a expectativa é que os sistemas entrem em operação entre o final de 2024 e o início de 2026. O projeto mais avançado até o momento localiza-se na usina de Três Marias. Além dela, outras usinas flutuantes serão estabelecidas nos reservatórios Cajuru, Theodomiro Carneiro Santiago (anteriormente conhecido como Emborcação) e em uma hidrelétrica que ainda será divulgada.

Publicidade
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado