Governo Federal prorroga Programa Desenrola

Desenrola
(Foto: Pexels)

A extensão do programa Desenrola para renegociação de dívidas foi anunciada pelo Governo Federal, que pretende prorrogar o prazo até março de 2024. Esta iniciativa, que originalmente terminaria em 31 de dezembro, visa beneficiar mais cidadãos, removendo a necessidade de contas prata ou ouro no Gov.br para acessar a plataforma.

O secretário de Reformas Econômicas, Marcos Barbosa Pinto, informou que o governo enviará uma Medida Provisória ao Congresso Nacional para oficializar esta extensão. O programa Desenrola, que abrange dívidas negativadas entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022, busca facilitar o processo de negociação de dívidas para a população.

Pinto destacou que a remoção do requisito de contas prata ou ouro no Gov.br é um passo para eliminar barreiras no acesso à plataforma. O governo, em parceria com bancos e a B3, está explorando soluções de segurança alternativas para manter a integridade do sistema.

Além disso, o secretário revelou que, após a extensão do programa, o governo considera manter a plataforma do Desenrola ativa para negociações futuras, embora sem o suporte do Fundo Garantidor de Operações (FGO).

Desde outubro, a Faixa 1 do Desenrola possibilitou a renegociação de dívidas de até R$ 5 mil, com a possibilidade de expansão para débitos até R$ 20 mil, dependendo da disponibilidade de recursos no FGO. A plataforma se mostrou eficaz, facilitando negociações rápidas e eficientes, especialmente para dívidas de menor valor.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado