Haddad critica Banco Central e Congresso em conferência do PT

Foto: Diogo Zacarias/MF

Durante a Conferência Eleitoral do PT em Brasília, Fernando Haddad, Ministro da Fazenda, fez importantes declarações. Ele criticou a postura do Banco Central (BC) e a resistência do Congresso em relação às medidas de ajuste fiscal propostas pelo governo. Haddad enfatizou a necessidade de um maior apoio progressista no Congresso para alcançar os objetivos fiscais do governo.

Ele também mencionou os desafios enfrentados na gestão do orçamento público e a importância de reorganizar o sistema financeiro do país. Além disso, o ministro destacou a postura “durona” da diretoria do BC em relação à taxa de juros Selic, que está prevista para ser reduzida na próxima semana.

Haddad ressaltou os esforços do governo em apresentar projetos para aumentar a arrecadação e atingir a meta de déficit zero em 2024, criticando as emendas parlamentares que desviam o foco dos projetos originais.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado