Pesquisar
Close this search box.

5 carros nacionais antigos que prometem valorizar

carros antigos valorizados
(Foto: Volkswagen/Divulgação)

O debate sobre a valorização de carros antigos esquenta à medida que o mercado automotivo mostra uma crescente apreciação por modelos com história, raridade e conservação. Ainda que existam controvérsias sobre carros serem investimentos viáveis — devido a possíveis despesas e vícios ocultos — a realidade é que alguns modelos têm, sim, se valorizado, tornando-se cobiçados por colecionadores.

Especialistas, como Cassio Pagliarini, consultor automotivo, apontam para exemplos notáveis de valorização, como a Kombi Last Edition, que só viu seu valor aumentar. “Podemos nos basear no fim da Kombi, com a versão Last Edition. O carro foi um sucesso, só valorizou e continua o mesmo de sempre na hora de receber a manutenção. Além disso, a oferta dela caiu, mas a demanda não“, disse o consultor e sócio da Bright Consulting a revista Auto Esporte.

Inspirados por casos assim, muitos se perguntam: quais serão os próximos clássicos nacionais em alta?

Confira uma lista de 5 carros antigos que prometem valorizar nos próximos anos:

1. Chevrolet Monza S/R: Este hatch dos anos 80 já começa a ser notado pelo mercado. Com elementos de design e mecânicos exclusivos, como bancos Recaro e um motor 2.0 aspirado, o Monza S/R tem tudo para ganhar mais valor, especialmente por ser mais raro e ainda não ter valorizado tanto quanto seus concorrentes de época.

  • Motor: 2.0 aspirado
  • Rendimento: 110 cv e 17,3 kgfm
  • Transmissão: câmbio manual de 5 marchas e tração dianteira

2. Fiat Uno 1.6 R: Já em ascensão, o Uno 1.6 R ainda possui espaço para crescer em valor. Seu motor robusto Sevel e a simpatia que desperta nos colecionadores, aliados à diminuição de exemplares conservados, indicam um potencial de valorização.

  • Motor1.6 aspirado
  • Rendimento: 88 cv e 13,2 kgfm
  • Transmissão: câmbio manual de 5 marchas e tração dianteira

3. Volkswagen Brasília: Com o Fusca em alta, a Brasília surge como uma opção mais acessível para quem procura um Volkswagen clássico. A tendência é que a demanda por este modelo também cresça, impulsionando sua valorização.

  • Motor: traseiro, 1.6 boxer aspirado
  • Rendimento: 60 cv e 12 kgfm
  • Transmissão: câmbio manual de 4 marchas e tração traseira

4. Jeep Ford / Willys Overland: O Jeep clássico, com sua robustez e carga histórica, é uma aposta sólida para valorização futura, principalmente entre colecionadores de off-roads com história.

  • Motor: 2.6 com seis cilindros em linha ou 2.3 de quatro cilindros
  • Rendimento: 90 cv e 18,7 kgfm / 91 cv e 17 kgfm
  • Transmissão: câmbio manual de 3 marchas ou manual de 4 marchas, sempre tração 4×4

5. Chevrolet Corsa GSi: Com produção limitada e já desejado por muitos, o Corsa GSi promete ser uma das próximas estrelas do mercado de carros antigos. Sua mecânica robusta e itens exclusivos o tornam um candidato forte à valorização.

  • Motor: 1.6 aspirado
  • Rendimento: 108 cv e 14,8 kgfm
  • Transmissão: câmbio manual de 5 marchas e tração dianteira

Essa análise reflete não apenas o investimento em carros usados como uma possibilidade real mas também destaca a importância de considerar fatores como a oferta, demanda e o valor afetivo que determinados modelos podem despertar nos entusiastas e colecionadores.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado