Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Conheça o primeiro carro voador do mundo em 2025

Carro voador
(Imagem: divulgação/Alef Aeronautics)

A Alef Aeronautics, uma startup americana apadrinhada por Tim Draper, um dos principais investidores da SpaceX e da Tesla, anunciou que o eVTOL (aeronave elétrica de decolagem e pouso vertical) estará pronto para produção já em 2025. A novidade é um avanço na indústria aeroespacial, aproximando a realidade dos carros voadores.

Os eVTOLs têm sido apelidados de “carros voadores” devido à sua capacidade de oferecer deslocamentos curtos, especialmente em áreas urbanas, de forma mais acessível do que os meios de transporte convencionais. Porém, muitos desses veículos se assemelham mais a drones, como o projeto da Embraer e da Eve, desenvolvido em Taubaté, no interior de São Paulo.

No entanto, o eVTOL da Alef, conhecido como Model A, se destaca por sua semelhança com um carro comum, diferenciando-se das aeronaves concorrentes que geralmente possuem hélices ou asas. Esta característica o torna ideal tanto para deslocamentos terrestres quanto para decolagens e pousos verticais.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

O Model A pesa apenas 850 kg e pode levar duas pessoas na cabine. Os quatro pequenos motores elétricos, um em cada roda, permitem que atinjam uma velocidade de cerca de 56 km/h nas ruas. Assim, o alcance de aproximadamente 321 km. Além disso, oito hélices na frente e atrás, protegidas por uma estrutura de malha, permitem o fluxo de ar pela carroceria, enquanto giram em direções diferentes para possibilitar o voo em qualquer direção.

Velocidade
Carro voador
(Imagem: divulgação/Alef Aeronautics)

Durante o voo, o eVTOL da Alef pode girar horizontalmente em seu próprio eixo, mantendo a cabine virada para frente. Sua velocidade máxima no ar chega a 160 km/h, com um alcance máximo de 177 km, características que o classificam como ultraleve, facilitando seu processo de regulamentação.

“Até hoje, temos pouco mais de 2.850 encomendas com depósitos reduzidos, o que a torna a aeronave mais vendida da história, mais do que Boeing, Airbus, Joby Aviation e a maioria dos eVTOLs”, disse Jim Dukhovny, CEO da Alef.

O Model A já está disponível para reservas, com um sinal de U$ 150. Cada unidade está sendo vendida por US$ 300.000, ou seja, aproximadamente, 1,48 milhão de reais. Assim, estimando uma receita bruta de US$ 850 milhões, caso todos os pedidos se concretizem.

Projeções 

Para 2030, a empresa planeja expandir seu portfólio com um sedã de quatro lugares chamado Model Z, mais acessível. O veículo irá custar apenas US$ 35.000. O Model Z será capaz de voar por mais de 482 km e percorrer 354 km nas estradas, oferecendo uma opção ainda mais versátil de transporte aéreo e terrestre.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado