Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Iene reverte queda após mínima de 34 anos no Japão

Iene reverte queda após mínima de 34 anos no Japão
(Foto: jun rong loo/Unsplash).

O iene, a moeda do Japão, alcançou seu menor nível em 34 anos em relação ao dólar nesta segunda-feira. Em uma resposta rápida, as autoridades financeiras intervieram no mercado de câmbio, resultando em uma recuperação do iene para cerca de 154,58 ienes por dólar na tarde do mesmo dia.

O mercado cambial estava sob pressão após o Banco do Japão (BoJ) ter deixado inalterada sua meta de taxa de juros, frustrando expectativas de um novo aumento, e com os números de inflação dos Estados Unidos superando as previsões, atingindo 2,7% em março.

Na sessão matutina, o iene caiu para 160,17 por dólar, alimentando especulações sobre uma intervenção governamental. “É difícil ignorar os efeitos negativos que estes movimentos violentos e anormais nas moedas causarão à economia do país”, disse Masato Kanda, vice-ministro das Finanças para assuntos internacionais do Japão, ao comentar a situação.

conteúdo patrocinado

No entanto, na tarde de segunda-feira, a moeda japonesa recuperou parte de seu valor, com o dólar sendo negociado a 155,05 ienes, uma queda de 1,50% em relação ao início do dia. Os volumes de negociação permaneceram baixos devido a um feriado no Japão.

A intervenção japonesa foi anunciada poucos dias após o BoJ decidir manter sua política monetária estável, contrariando a expectativa de um ajuste após seu primeiro aumento em 17 anos.

A reviravolta no câmbio foi parcialmente atribuída ao fraco desempenho do iene, provocado por uma combinação de fatores: a política monetária estável do BoJ, as pressões inflacionárias nos Estados Unidos e uma possível desaceleração na economia global.

As autoridades japonesas afirmaram que estão dispostas a intervir no mercado cambial se houver flutuações repentinas, visando manter a estabilidade econômica do país e evitar prejuízos maiores.

A recuperação do iene ao longo da tarde de segunda-feira foi um sinal positivo para os mercados financeiros japoneses, mas permanece a preocupação sobre a volatilidade no câmbio e seus impactos sobre a economia do Japão e do mundo.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado