Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

PDG Realty apresenta recuperação no 1T24

PDG Realty apresenta recuperação nesse trimestre. (Imagem: Divulgação/PDG Realty)
PDG Realty apresenta recuperação nesse trimestre. (Imagem: Divulgação/PDG Realty)

No primeiro trimestre de 2024, a PDG Realty reportou um prejuízo líquido de R$ 66,9 milhões, representando uma redução significativa de 68% em relação ao mesmo período do ano anterior, onde o prejuízo alcançou R$ 209 milhões. Este resultado demonstra uma tendência de melhoria na saúde financeira da empresa.

PDG Realty reduz prejuízo e apresenta melhora nas despesas

A receita líquida da PDG Realty mostrou um aumento de 24,2%, atingindo R$ 7,5 milhões nos três primeiros meses de 2024, comparado ao mesmo período em 2023. Além disso, houve uma queda de 61,5% em outras despesas operacionais, que somaram R$ 8 milhões no trimestre, e uma redução de 73,5% no resultado financeiro líquido, que ficou negativo em R$ 41,3 milhões, mas ainda assim apresentou uma melhora em relação ao prejuízo de R$ 155,7 milhões do ano anterior.

Relembre: resultados do 4T23

No último trimestre de 2023, a PDG Realty alcançou um lucro líquido de R$ 1,7 bilhão, um contraste marcante em relação ao prejuízo de R$ 390 milhões registrado um ano antes. Este lucro foi impulsionado principalmente por uma reversão de encargos de dívidas extraconcursais, resultante de uma decisão judicial favorável relacionada ao plano de recuperação judicial finalizado entre 2017 e 2021.

conteúdo patrocinado

Sendo assim, a PDG Realty encerrou o ano de 2023 com um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão, comparado ao prejuízo de R$ 78 milhões em 2022, evidenciando uma reviravolta em sua trajetória financeira. A empresa também registrou uma margem bruta de 41,9% em 2023, indicando uma melhoria operacional eficaz. A dívida líquida foi reduzida para R$ 362 milhões, uma diminuição de 86% em relação ao ano anterior, reforçando a posição da PDG como uma empresa em recuperação sustentável e progressiva.

Leia também:

CVC reduz prejuízo em 73% e registra crescimento na receita

Impacto judicial e projeções futuras

Em fevereiro, uma decisão judicial confirmou a abordagem da PDG para o tratamento de dívidas extraconcursais sob as mesmas condições das dívidas concursais, permitindo um recálculo substancial dessas dívidas. Isso reduziu a dívida extraconcursal em 86%, para R$ 424 milhões, contribuindo assim para o lucro financeiro. Renato Barboza, diretor de relações com investidores da PDG, destaca que essa decisão terá um impacto positivo contínuo nos balanços futuros, já que a empresa prevê reduções nas despesas financeiras.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado