Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Separamos 4 dicas para mães lançarem-se no mercado de tecnologia

Mães na tecnologia e a trajetória de Isabela Castilho. (Imagem: Divulgação/IT Forum)
Mães na tecnologia e a trajetória de Isabela Castilho. (Imagem: Divulgação/IT Forum)

Isabela Castilho, hoje CEO da empresa de programação Rocketseat, teve sua vida transformada pela maternidade aos 23 anos, o que a motivou a redirecionar sua carreira para a tecnologia. Após uma década, sua trajetória de vendedora e funcionária pública a levou ao topo da indústria tech, destacando a interação entre ser mãe e buscar uma posição influente no mercado. Isabela reflete sobre como a maternidade foi crucial para sua motivação em seguir uma carreira promissora, permitindo-lhe criar um futuro ideal para sua filha.

Conheça o mercado de TI

O ingresso de Isabela no setor de TI foi marcado por uma mudança consciente e informada. Ela se dedicou a estudar programação, iniciando com Java, e logo conseguiu seu primeiro emprego como programadora. Esse momento foi decisivo, especialmente ao perceber que sua liderança era também uma mulher, o que ampliou sua visão sobre as possibilidades de ascensão para mulheres no setor.

Mães na tecnologia: escolha o seu lugar

Isabela se uniu à comunidade da Rocketseat quando esta ainda estava em crescimento. Sua decisão de trabalhar numa startup, ao invés de uma empresa maior, refletiu seu desejo de ter flexibilidade, especialmente para cuidar de sua filha e continuar se desenvolvendo profissionalmente. Esse ambiente proporcionou a ela a oportunidade de ascender rapidamente, culminando em sua nomeação como CEO.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Leia também:

Varejo deve movimentar R$ 13,2 bi no Dia das Mães, diz CNC

Desenvolva uma mentalidade expansiva

A trajetória de Isabela destaca a importância de uma mentalidade voltada para o crescimento, combinando atualização técnica com networking e construção de uma marca pessoal. Essa abordagem holística ajudou-a a se destacar e avançar em um campo competitivo.

Uma abordagem eficaz para o desenvolvimento profissional sugere a distribuição do seu foco da seguinte maneira: 70% do tempo destinado ao aperfeiçoamento técnico, 20% ao estabelecimento de conexões profissionais, e os 10% restantes à construção da sua identidade profissional, que o diferenciará no vasto campo de programadores. Este método deve ser alinhado ao seu objetivo principal, definido no início de sua jornada.

Empoderamento e suporte às Mães Negras

Dentro do assunto “mães na tecnologia”, a engenheira mecatrônica Thais Lopes lançou a plataforma “Mães Negras do Brasil” em 2023. Com o objetivo de fortalecer mães negras através de um apoio comunitário robusto, a plataforma oferece desde grupos de discussão até oportunidades profissionais, abrangendo mais de mil mulheres de todo o país. Thais, com vasta experiência em estratégia operacional e embaixadora do Google Women Techmakers, descreve a importância de criar um ambiente de suporte mútuo e empoderamento para mães negras, promovendo a equidade racial e de gênero no ambiente profissional.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado