Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Abu Dhabi lança novo modelo de inteligência artificial generativa

inteligência artificial Falcon 2
(Foto: Divulgação/The Technology Innovation Institute).

O Instituto de Inovação Tecnológica de Abu Dhabi (TII), nos Emirados Árabes Unidos, anunciou o lançamento do Falcon 2, um sistema de inteligência artificial (IA) generativa de código aberto. Esta iniciativa coloca os Emirados no mapa das inovações tecnológicas ao competir com as grandes empresas de tecnologia.

Diferentemente de algumas empresas que optaram por manter seus códigos de IA restritos, o TII segue um caminho de transparência e acessibilidade. O Falcon 2, assim como o Llama da Meta, é disponibilizado publicamente, permitindo que desenvolvedores de todo o mundo explorem e ampliem suas funcionalidades.

O Falcon 2 se divide em dois serviços principais. O primeiro, denominado “11B”, é uma plataforma de resposta textual similar ao ChatGPT, da OpenAI. O segundo, “11B VLM”, permite a geração de imagens a partir de descrições textuais, em um conceito similar ao do Dall-e.

conteúdo patrocinado

 

O TII, um braço do Conselho de Pesquisa em Tecnologia Avançada de Abu Dhabi, tem sido fundamental nos esforços dos Emirados Árabes para se consolidar como líder em inovação tecnológica. Esses esforços estão alinhados com a estratégia nacional de diversificar a economia, reduzindo a dependência do petróleo e ampliando a influência na geopolítica regional por meio da tecnologia.

No entanto, os Estados Unidos têm expressado preocupações sobre a colaboração tecnológica entre os Emirados e a China. Em resposta, a empresa G42, que também é um dos pilares da IA no país, removeu componentes chineses de seus sistemas e reajustou suas participações em empresas chinesas antes de aceitar um investimento substancial de US$ 1,5 bilhão da Microsoft.

O secretário-geral do Conselho de Pesquisa em Tecnologia Avançada, Faisal Al Bannai, destacou a importância desta nova etapa. Ele afirmou que a introdução do Falcon 2 evidencia a capacidade dos Emirados Árabes de se posicionar como um concorrente sério no cenário global de IA. Segundo Al Bannai, a abertura e a colaboração são fundamentais para o avanço e a adoção mundial da tecnologia.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado