Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Com 79% dos votos, trabalhadores da Disneylândia aprovam sindicalização

Sindicato representa 1.700 trabalhadores do parque em Anaheim

Sindicalização na Disneylândia. (Imagem: Brandi Alexandra/Unsplash)
Sindicalização na Disneylândia. (Imagem: Brandi Alexandra/Unsplash)

No último sábado (18), a maioria dos trabalhadores da Disneylândia que interpretam personagens como Mickey e Minnie Mouse votou pela sindicalização com a Actors’ Equity Association. A votação, supervisionada pelo National Labor Relations Board, teve um resultado de 79% a favor, com 953 votos sim e 258 votos não.

Motivações para a sindicalização

Os trabalhadores buscaram melhorias em segurança, programação e um salário digno. Kate Shindle, presidente da associação de atores, afirmou que “a Disneylândia é onde os sonhos se tornam realidade” e que este foi um sonho realizado para os membros do elenco.

Sindicalização na Disneylândia: histórico e comparações

Em fevereiro de 2024, cerca de 60% dos 1.700 funcionários da Disneylândia solicitaram uma eleição de representação sindical. Artistas da Disney World em Orlando já são sindicalizados há anos, recebendo salários mais altos. O contrato sindical da Disney World garante salários entre US$ 21,30 e US$ 23 por hora. Na Disneylândia, os salários subiram para US$ 24,15 por hora no final do ano passado, mas o custo de vida em Orange County é significativamente maior.

Publicidade

Leia também:

Mickey em greve? Funcionários da Disney querem sindicalização

Reações e declarações

Entretanto, uma porta-voz da Disneylândia declarou no domingo que “é prematuro para a empresa comentar os resultados”. A sindicalização ocorre em um contexto de esforços de organização em várias empresas de entretenimento nos EUA. Dessa maneira, em setembro, o Writers Guild of America firmou um acordo provisório, encerrando uma greve de meses. Outros exemplos incluem votações na Mercedes-Benz e na Starbucks.

Impacto e expectativas

Se não houver contestações, o National Labor Relations Board certificará os resultados em uma semana. A sindicalização visa criar uma experiência melhor tanto para os trabalhadores quanto para os visitantes. A Disney enfrenta desafios, incluindo perdas no serviço de streaming e demissões, mas seus parques domésticos continuam sendo altamente lucrativos, gerando US$ 6,3 bilhões no último trimestre de 2023.

Sindicatos e funções na Disneylândia

O Disneyland Resort, inaugurado em 1955, inclui o Disneyland Park e o Disney’s California Adventure. Mais de 21 mil funcionários são representados por uma dezena de sindicatos, exceto os performers. Nesse sentido, esses empregos incluem trabalhadores de varejo, serviços de alimentação, segurança e pirotecnia. Além disso, a Actors’ Equity Association representa mais de 51 mil atores e gerentes de palco em todo o país, incluindo artistas da Broadway e turnês nacionais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado