Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Emirates distribui aos funcionários bônus equivalente a 5 meses de salário

Compensação reflete esforços e resultados sólidos da companhia aérea

Emirates distribui bônus equivalente a 5 meses de salário aos funcionários
(Foto: Divulgação/Emirates Group).

A companhia aérea Emirates, sediada em Dubai, anunciou a distribuição de um bônus equivalente a cinco meses de salário para seus funcionários, após alcançar um lucro recorde este ano. Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e CEO da Emirates, expressou sua gratidão aos colaboradores em um e-mail interno, afirmando que eles “merecem cada centavo”.

Resultados financeiros

A Emirates registrou um aumento de 60% no lucro anual, totalizando US$ 4,69 bilhões. Esse desempenho robusto influenciou diretamente a remuneração dos funcionários, que receberam um bônus correspondente a 20 semanas de salário. O anúncio foi feito através de um e-mail interno, ao qual a agência de notícias Reuters teve acesso.

 

Publicidade

Além disso, o jornal de Dubai, Khaleej Times, relatou a mensagem de Sheikh Ahmed, que agradeceu aos funcionários do grupo pelos “esforços heroicos”. Ele escreveu: “Por impulsionarem nossas ambições coletivas e alcançá-las, vocês merecem cada centavo do bônus de 20 semanas de lucro.”

Reação dos funcionários

O Khaleej Times entrevistou alguns empregados da Emirates. Eles manifestaram gratidão e felicidade pelo bônus. O jornal destacou que esta não é a primeira vez que os funcionários recebem uma recompensa semelhante. No ano passado, eles foram agraciados com um bônus de 24 semanas de salário após outra performance recorde.

Desempenho do Grupo Emirates

A empresa matriz do Grupo Emirates divulgou um lucro anual recorde. O aumento foi de 71% e o dividendo de US$ 1,1 bilhão. Para a Emirates, as receitas aumentaram 13% e a capacidade da companhia aérea cresceu 20%. “A perspectiva de negócios é positiva, com uma forte e sustentada demanda por viagens aéreas internacionais e transporte projetada,” disse Sheikh Ahmed em comunicado.

O grupo relatou seu melhor desempenho financeiro até o momento. O lucro foi de Dh18,7 bilhões (US$ 5,1 bilhões), um aumento de 71% em relação ao ano anterior, com níveis recordes de receita e ativos monetários. Além disso, a receita do grupo subiu 15%, alcançando o recorde de Dh137,3 bilhões (US$ 37,4 bilhões), impulsionada pela forte demanda dos clientes em todos os seus negócios. Dessa forma, a empresa fechou o ano com um saldo de caixa recorde de Dh47,1 bilhões (US$ 12,8 bilhões).

Dividendos e investimentos

A Emirates declarou um dividendo de Dh4 bilhões (US$ 1,1 bilhão) para seu proprietário, a Investment Corporation of Dubai (ICD). De acordo com Sheikh Ahmed, os ganhos permitirão maiores investimentos em aeronaves, edifícios, equipamentos, tecnologia, produtos e serviços, além de na própria população.

Resultados da companhia aérea

A Emirates relatou um novo lucro de Dh17,2 bilhões (US$ 4,7 bilhões), um aumento de 63% em relação ao Dh10,6 bilhões (US$ 2,9 bilhões) do ano passado. A receita aumentou 13%, chegando a Dh121,2 bilhões (US$ 33 bilhões), enquanto a capacidade da companhia aérea aumentou 20%, alcançando 57,7 bilhões de ATKM, aproximando-se dos níveis pré-pandemia.

Desempenho da dnata

A dnata, divisão de serviços aéreos da Emirates, registrou um lucro líquido de Dh1,4 bilhões (US$ 0,4 bilhões), acima de tudo um aumento considerável em relação ao lucro líquido de Dh331 milhões (US$ 90 milhões) do ano passado. Além disso, a receita aumentou 29%, atingindo o novo recorde de Dh19,2 bilhões (US$ 5,2 bilhões), refletindo o crescimento na atividade de voos dos clientes e na demanda por viagens nos Emirados Árabes Unidos e na divisão global da empresa.

Por conseguinte, a dnata expandiu sua carteira de clientes com novos contratos. Assim, adicionou hotéis a novos mercados internacionais e investiu em novos equipamentos e tecnologia para melhorar suas operações e serviços.

Perfil da Emirates

A Emirates é uma companhia aérea com sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A empresa é subsidiária do Grupo Emirates, totalmente propriedade da Investment Corporation of Dubai, do governo de Dubai. A Emirates é a maior companhia aérea do Oriente Médio, operando mais de 3.600 voos por semana a partir de seu hub no Aeroporto Internacional de Dubai, para mais de 140 cidades em 81 países em seis continentes. As atividades de carga são realizadas pela Emirates SkyCargo.

Em resumo, esses resultados financeiros reforçam a posição da Emirates como líder na indústria de aviação. A empresa continua a crescer e a investir em sua infraestrutura e serviços, enquanto recompensa seus funcionários pelos esforços que impulsionam o sucesso da companhia.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado