Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Grupo Mateus assina acordo preliminar para compra de fatia do Novo Atacarejo

Movimento estratégico para expansão no Nordeste

Grupo Mateus assina acordo preliminar para compra de fatia do Novo Atacarejo
(Foto: Divulgação/Novo Atacarejo).

O Grupo Mateus, uma das principais redes varejistas do Brasil, anunciou nesta quarta-feira (29) que firmou um acordo preliminar. O objetivo é avaliar a aquisição de uma participação majoritária no Novo Atacarejo, uma influente rede de supermercados no Nordeste.

Início das negociações

A intenção do Grupo Mateus é adquirir 51% da rede, mantendo os acionistas atuais com os restantes 49%. O acordo, ainda em fase de análise, envolve lojas localizadas em estados estratégicos como Pernambuco, Paraíba e Alagoas. Além disso, essas lojas somaram uma receita bruta de R$ 4,5 bilhões em 2023.

Projeções financeiras

Se a operação for concretizada, o Grupo Mateus estima que o faturamento combinado poderia alcançar cerca de R$ 6,8 bilhões ainda em 2023. No entanto, a conclusão da operação depende de uma série de fatores, incluindo diligências detalhadas e aprovação regulatória pelo CADE.

Publicidade

Sinergias e estratégias

Ambas as empresas compartilham modelos de negócios semelhantes, o que poderia facilitar a integração e a sinergia operacional. Consequentemente, a aquisição está alinhada com a estratégia de expansão do Grupo Mateus, visando fortalecer sua presença e competitividade no Nordeste.

Assessorias contratadas

Para a operação, o Grupo Mateus contratou o Itaú BBA como assessor financeiro e o escritório Pinheiro Guimarães como assessor jurídico. Por outro lado, o Novo Atacarejo também se preparou, contratando a Araújo Fontes para assessoria financeira e o escritório Machado Meyer para assessoria jurídica.

O CEO do Grupo Mateus expressou otimismo com a potencial aquisição. Ele declarou que essa estratégia poderia ampliar a presença da empresa no Nordeste, beneficiando os consumidores com mais opções e serviços de qualidade.

Repercussões no mercado

A notícia da negociação foi bem recebida no mercado, com analistas apontando possíveis benefícios como maior cobertura regional e melhoria na eficiência operacional. Além disso, a fusão das operações poderia resultar em uma rede mais robusta, capaz de competir mais efetivamente no varejo brasileiro.

 

Próximos passos

A consumação do acordo entre Grupo Mateus e Novo Atacarejo ainda requer a finalização das diligências e a negociação dos termos definitivos, além da aprovação pelo CADE. Portanto, as expectativas são altas, e o desfecho dessa negociação é aguardado com grande interesse tanto pelos investidores quanto pelos consumidores da região.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado