Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Bolsas da Ásia fecham em baixa com alta de juros dos bônus globais no radar

Mercados da Ásia têm queda diante da alta de juros dos bônus globais

Bolsas de Valores de Ásia e Oceania - China
(Imagem: Pixabay)

Os mercados acionários da Ásia registraram perdas nesta quinta-feira. A perspectiva de juros altos por mais tempo pelo mundo continuava sendo um fator negativo para as ações em geral. Na China, papéis do setor imobiliário caíram, mas os de semicondutores subiram.

Ásia

Na Bolsa de Tóquio, o índice Nikkei fechou em queda de 1,30%, em 38.054,13 pontos. Ações de companhias de eletrônicos tiveram perdas, com a perspectiva para os juros do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) no radar. Sendo assim, havia expectativa por dados dos EUA e as implicações para a política monetária, na véspera da publicação do índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) americano.

Na China, a Bolsa de Xangai registrou perda de 0,60%, em 3.092,27 pontos, e a de Shenzhen, de menor abrangência, caiu 0,46%, para 1.805,33 pontos. China Vanke recuou 5,0%, entre incorporadoras. Já papéis ligados a semicondutores subiram após a agência estatal Xinhua reportar que uma equipe de pesquisadores da Universidade Tsinghua desenvolveu o primeiro chip de visão complementar inspirado no cérebro. TongFu Microelectronics e Semiconductor Manufacturing International Corp. subiram 1,6% e 5,7%, respectivamente.

Publicidade

Em Seul, o índice Kospi registrou baixa de 1,56%, em 2.635,55 pontos. O mercado sul-coreano teve queda em algumas das principais ações, inclusive de tecnologia e montadoras, com apetite por risco afetado pelas preocupações com a alta dos juros dos bônus. Então, a Samsung Electronics caiu 2,3%, SK Hynix recuou 3,4% e Naver, 2,8%. A fabricante de baterias LG Energy Solution fechou em queda de 4,1%, enquanto Hyundai Motor e Kia caíram 1,5% e 3,5%, respectivamente.

Hong Kong e Taiwan

Na Bolsa de Hong Kong, o índice Hang Seng diminuiu 1,34%, em 18.230,19 pontos, sem fôlego após ganhos recentes e com foco em notícias da economia chinesa, segundo analistas do CCB International. Os setores de energia e imobiliário lideraram perdas hoje, com PetroChina em baixa de 1,85% e Cnooc, de 2,4%, enquanto China Resources Land perdeu 3,2% e Longfor Group, 3,6%. Já entre ações ligadas a semicondutores SMIC ganhou 4,9%. Em Taiwan, o índice Taiex teve queda de 1,38%, em 21.364,48 pontos.

Desempenho na Oceania

Na Oceania, o índice S&P/ASX 200 fechou em queda de 0,49%, em 7.628,20 pontos, na Bolsa de Sydney, sendo a terceira queda consecutiva. Grandes bancos e mineradoras exibiram sinal negativo. Rio Tinto e Fortescue caíram 1,5% e 3,1%, respectivamente, entre mineradoras. Por fim, dados nesta semana mostraram inflação ao consumidor persistente também na Austrália, reforçando dúvidas sobre o quanto a política monetária pode ser relaxada.

Leia mais

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado