Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Bolsas da Europa caem com incerteza política e mínima em Paris

Resultados eleitorais e declarações do BCE impactam mercados

Bandeira União Europeia - Europa
Bandeira da União Europeia - (Imagem: Unsplash)

O cenário político da Europa se tornou mais incerto após as recentes eleições parlamentares da União Europeia. A decisão do presidente francês, Emmanuel Macron, de antecipar as eleições legislativas, após a derrota do partido para a extrema direita, aumentou a instabilidade nos mercados financeiros.

As declarações de dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) contribuíram para o pessimismo nos mercados. Christine Lagarde, presidente do BCE, indicou que a próxima reunião pode manter os juros na zona do euro inalterados, pois é necessário avaliar mais dados sobre salários. Philip Lane, economista-chefe do BCE, afirmou que não há um caminho pré-determinado para as taxas, reforçando a cautela.

Desempenho dos índices da Europa

As bolsas europeias fecharam em baixa devido a essas incertezas. O índice CAC 40 de Paris caiu 1,33%, fechando em 7.789,21 pontos, a mínima desde 20 de fevereiro. Outros mercados também registraram quedas: FTSE 100 de Londres recuou 0,98%, para 8.147,81 pontos; DAX de Frankfurt caiu 0,66%, a 18.372,39 pontos; FTSE MIB de Milão teve uma queda de 1,93%, a 33.874,48 pontos; Ibex35 de Madri baixou 1,60%, para 11.175,50 pontos; e PSI 20 de Lisboa caiu 1,41%, para 6.634,71 pontos.

conteúdo patrocinado

O mercado agora aguarda o anúncio de política monetária do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, previsto para quarta-feira, (12). O Fed manterá provavelmente as taxas inalteradas pela sétima vez consecutiva, mas divulgará novas projeções que podem influenciar o mercado.

Mercado de trabalho do Reino Unido

Recentes dados de emprego no Reino Unido mostraram um esfriamento do mercado de trabalho. O banco ING destacou que, apesar da baixa probabilidade de cortes nas taxas, é provável que ocorra um corte durante o verão do Hemisfério Norte, possivelmente na reunião de agosto.

As quedas nos futuros de várias commodities também afetaram as ações das grandes mineradoras da Europa. Em Londres, BHP caiu 2,92%, Glencore recuou 2,15% e Rio Tinto teve baixa de 1,98%. No entanto, o mercado de commodities continua atento aos desenvolvimentos políticos e econômicos globais, buscando sinais de estabilização.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado