Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Zuckerberg perde US$ 31 bi com a queda das ações da Meta

Foto Michael Nagle- Bloomberg

Na última quinta-feira, 3, a Meta, administradora do Facebook, viu suas ações caírem 26% na bolsa de Nova York. Com isso, Mark Zuckerberg, cofundador da rede social, perdeu cerca de US$ 31 bilhões da sua fortuna, representando uma das maiores perdas pessoais do empresário, dos últimos tempos.

Mesmo com a perda bilionária, Zuckerberg ainda ocupa a lista dos mais ricos do mundo, ocupando, exatamente, a 10ª colocação, conforme matéria publicada no Jornal O Globo. O ranking dos mais ricos do mundo é atualizado diariamente quando a Bolsa de Nova York, onde são negociados os papéis da Meta, fecha.

Na quarta-feira, 2, a fortuna do fundador e CEO do Facebook terminou o dia em US$ 121 bilhões. Já na quinta-feira, Zuckerberg encerrou o dia com US$ 89,6 bi, segundo o índice. O fundador do Facebook está na lista dos 10 mais ricos do mundo desde julho de 2015.

conteúdo patrocinado

A queda nas ações ocorre um dia depois de a gigante de tecnologia anunciar que o número de usuários ativos diários caiu pela primeira vez devido ao aumento da concorrência com redes sociais, especialmente o Tik Tok.

Atualmente, a lista é liderada pelo fundador e CEO da Tesla, Elon Musk, que tem hoje uma fortuna de US$ 231 bilhões. Em segundo, aparece Bernard Arnault, presidente e diretor executivo da LVMH, com uma fortuna de US$ 167 bilhões, seguido de Jeff Bezos, fundador da Amazon, com fortuna de US$ 164 bilhões.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado