Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

O sertão como você nunca viu: saiba como desbravar o Geoparque Seridó

A região do Seridó é um patrimônio que necessita ser preservado

Que o Brasil possui diversas riquezas naturais, já sabemos, mas algumas delas ainda estão escondidas, como é o caso do Geoparque Seridó, localizado no estado do Rio Grande do Norte.

A região, ainda pouco conhecida pelos brasileiros, tem muito a oferecer com seus 2.800 quilômetros quadrados, no coração do semiárido nordestino, vistas de tirar o fôlego e uma rica biodiversidade.

Conhecer o Seridó e suas belezas vai além de uma simples viagem, é uma experiência única que pode ser vivida por meio de expedições de turismo sustentável. Para conhecer o Geoparque Seridó e explorar tudo que ele tem a oferecer, é importante contar com profissionais qualificados.

conteúdo patrocinado

Com o acompanhamento de uma empresa de turismo voltada para a sustentabilidade, é possível realizar a imersão completa na cultura sertaneja. Os roteiros variam entre 5 e 8 dias. Neles, o viajante irá viver uma imersão incrível na região, experimentar comidas típicas, realizar trilhas, oficinas e socializar com as comunidades sertanejas.

O ponto de encontro da expedição é em Natal, na capital do Rio Grande do Norte. A partir desse momento, os viajantes estarão sempre acompanhados de um facilitador e de um guia da região. Após todos se encontrarem, partirão para os municípios de Currais Novos, Acari, Carnaúba dos Dantas, Parelhas, Lagoa Nova e Cerro Corá.

Durante a noite, ao invés de redes de hotéis comuns, o descanso será em pousadas dirigidas por pessoas que fazem parte da comunidade local. O roteiro também inclui opções de alimentação para vegetarianos e veganos. A região do Seridó é um patrimônio que necessita ser preservado e as expedições de turismo sustentável permitem ter uma experiência rica respeitando o meio ambiente, a cultura e a economia da região.

“As Expedições de Turismo Sustentável permitem nossos viajantes a conhecerem um Brasil real, profundo, rico, extremamente interessante, que na maioria das vezes, não aparece na grande mídia, mas é cheio de cultura, belezas naturais, pessoas incríveis com saberes ancestrais e modos de vida tradicionais que devem ser respeitados e preservados. Se você quer conhecer o sertão de verdade, vá ao Geoparque Seridó, você ficará maravilhado”, explica Daniel Cabrera, diretor executivo e cofundador da Vivalá Turismo Sustentável, empresa especializada em expedições em unidades de conservação.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado