Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Apoio à inovação no Brasil: análise da CNI

Notícias de Negócios

Um estudo da Confederação Nacional da Indústria (CNI), divulgado nesta quarta-feira (9), destacado pelo Economic News Brasil, revelou que apenas 10% das 196 médias e grandes empresas brasileiras aproveitaram linhas de financiamento público para pesquisa e desenvolvimento (P&D) em 2020. Surpreendentemente, 89% dessas companhias financiaram inovações com recursos próprios, evidenciando um cenário de autoinvestimento significativo no setor de inovação.

A redução drástica no apoio do Governo Federal às pesquisas de inovação no Brasil é alarmante. Em outubro de 2021, o Planalto anunciou um corte de 90% nos recursos para pesquisa, totalizando R$ 690 milhões. Essa decisão afeta não só empresas privadas, mas também universidades públicas, comprometendo a pesquisa acadêmica e desmotivando estudantes. Entidades como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) se manifestaram contra essa medida, destacando seu impacto negativo na ciência, educação e inovação no país.

“Apelamos a todos os parlamentares para que seja dado um basta nos desvios de recursos da ciência brasileira. O Brasil precisa de ciência, precisa de tecnologia, precisa de inovação, precisa de educação. E é inaceitável que os recursos destinados para o setor sejam desviados para outras funções, à revelia da legislação”, dizia a nota.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Investimentos Globais em Pesquisa e Desenvolvimento de IA e Tecnologias Emergentes

  • 1. China
    • Meta: Tornar-se o principal centro mundial de inovação em IA.
    • Investimento: Aumento de 10,6% em gastos com P&D em 2021; previsão de aumento de mais de 7% anualmente nos próximos cinco anos.

    2. Estados Unidos

    • Orçamento Aprovado: US$ 7 bilhões para os próximos cinco anos, totalizando US$ 29 bilhões entre 2022-2026.
    • Áreas de Foco: Pesquisa e inovação tecnológica emergente, com US$ 52 bilhões para IA e aprendizado de máquina, e US$ 1,5 bilhão para P&D em 5G.
    • Investimento Total: US$ 89,5 bilhões.

    3. Coreia do Sul

    • Investimento: Mais de US$ 9 bilhões para 2021, com um total de US$ 55 bilhões até 2025.

    4. Rússia

    • Projetos Antes da Guerra com a Ucrânia:
      • US$ 5,3 milhões para o projeto experimental de rede neural “Kashtan”.
      • Plano de investir mais de US$ 2 bilhões em IA até 2024, com 50% destinados ao Projeto Federal de IA.

    5. Alemanha

    • Investimento em IA: Mais de US$ 254 milhões para P&D.
    • Apoio a Jovens Cientistas: US$ 210 milhões.
    • Investimento Total: US$ 464 milhões.

    6. França

    • Orçamento para IA: US$ 1,6 bilhão, incluindo US$ 770 milhões especificamente para pesquisa até 2022.

    7. Brasil

    • Orçamento Pós-2021: US$ 1,3 bilhões para o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) em 2022, abrangendo custeio total, pessoal e pesquisas.

Os números completos do levantamento da CNI serão divulgados no 9º Congresso Brasileiro de Inovação da Indústria, nos dias 9 e 10 de março.

*Opinião – Artigo Por Jackson Pereira Jr.empreendedor, diretor do BNTI, fundador e CEO do Economic News Brasil.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal.

Fontes: source – www.analyticsinsight.net – CNI

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado