Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quer aprender uma nova habilidade? Torne-se um ultra-aprendiz – Por Edilson Botto

Coluna Dica de Livros de negócios

*Coluna por Edilson Botto, 13/03/2022

Imagine alguém que deseja cursar uma graduação em uma das melhores universidades do mundo, mas não possui recursos suficientes para pagar a formação, não deseja contrair dívidas para fazê-lo e nem tampouco esperar quatro anos para adquirir todo esse conhecimento. O que você faria em uma situação como essa?

Não, essa cena não faz parte do roteiro de um filme. Ela é real e aconteceu com o americano Scott Young. Após concluir o curso de administração, Scott decidiu que faria o curso de computação no MIT – Massachusetts Institute of Technology, mas ao se deparar com tantos fatores limitantes, desenvolveu ele próprio um método de aprendizado, que logo viria a se transformar em um livro chamado Ultra-Aprendizado, onde além de contar a sua experiência ensina como aplicar esse método.

conteúdo patrocinado

O método de Young divide-se em nove princípios práticos e efetivos. As orientações são bem claras, recheadas de exemplos e o leitor que seguir o roteiro do livro colherá grandes resultados. 

Vamos então aos princípios de um ultra-aprendiz:

1. Meta-aprendizagem: trace um mapa do assunto que deseja aprender. Depois, entenda como funciona a área que envolve o tema, quais habilidades e informações devem ser dominadas e o passo a passo para se alcançar esse aprendizado de forma efetiva;

2. Foco: estabeleça um plano de estudo com datas e horários regulares;

3. Prática direta: conecte o conteúdo estudado ao contexto de aplicação desejado;

4. Repetição: uma vez aplicado, os pontos mais difíceis do conteúdo devem ser repetidos até o seu completo domínio;

5. Recuperação: teste a si mesmo, tentando lembrar do que estudou sem consultar o conteúdo;

6. Retorno: mantenha por perto pessoas que dominem o assunto e peça feedbacks como termômetro para avaliar o seu progresso;

7. Retenção: para reter mais e melhor o conteúdo, divida-o em pequenas partes em vez de passar longos períodos estudando. 

8. Intuição: procure expandir o aprendizado para além da sua capacidade atual. Utilize-se da intuição como ferramenta na solução de demandas complexas e persista quando pensar em desistir. 

9. Experimentação: Esse é o ápice do aprendizado, onde o ultra-aprendiz, partindo do seu conhecimento atual e da sua observação, acrescenta ele mesmo um novo elemento, gerando um novo conhecimento.  

Nesses tempos em que o conhecimento se renova constantemente e todos precisam ser “lifelonglearners”, esse é um livro fundamental para quem busca o aprendizado e o desenvolvimento de novas habilidades. 

Para enriquecer ainda mais esse artigo, entrevistei Scott Young, o autor do livro, e compartilho abaixo esse momento exclusivo:


Edilson Botto – Seu livro é realmente incrível, muito inspirador, mas você é uma pessoa muito talentosa. Qualquer pessoa pode ser um ultra-aprendiz ou há algum requisito necessário? 

Scott Young – Embora eu não fale por mim, acho que algumas pessoas aprendem mais rápido do que outras. A questão não é que não haja diferenças entre as pessoas, mas se os princípios da aprendizagem eficaz são os mesmos para ambas. Eu diria que esse é basicamente o caso – os princípios sobre os quais falo no Ultra-Aprendizado se aplicam a todos. 

EB – Durante o desenvolvimento do método Ultralearning o senhor deve ter enfrentado alguns desafios. Quais são os principais obstáculos que um ultra-aprendiz enfrenta e como superá-los? 

SY – Há uma tonelada de obstáculos. Existem os obstáculos intelectuais de descobrir o que você precisa aprender e como aprender. Mas também existem todos os obstáculos práticos de encontrar tempo, comprometer-se com o projeto a longo prazo e traduzi-lo em resultados do mundo real. Eu faço o meu melhor no livro para articular as respostas para algumas delas, mas a dificuldade é simplesmente que elas são tão numerosas que é difícil articular uma única resposta correta. O melhor que podemos fazer é reunir muitas ferramentas diferentes e aprender em quais contextos elas são mais aplicáveis. 

EB – O senhor já esteve no Brasil, aprendeu a falar português e deve ter algum conhecimento da realidade local. Que mensagem você deixaria para os brasileiros que querem ser ultra aprendizes, mas enfrentam dificuldades de acesso a livros e educação de qualidade? 

SY – Há uma tonelada de recursos gratuitos online! Se você tiver acesso à Internet, poderá usar o Coursera, Khan Academy, MIT OCW e muitos outros de forma totalmente gratuita. Fóruns online fornecem comunidades para as quais você pode pedir ajuda quando estiver travado. Não quero minimizar as lacunas no acesso educacional que podem ser profundas. Mas também estamos vivendo em uma época em que alguém suficientemente motivado pode realmente aprender muito mais do que em qualquer outro período de tempo

Nunca na história tivemos tanto acesso a conhecimento e esse livro realmente pode te ajudar a transformar conhecimento em novas habilidades, novas oportunidades e mais realizações.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ENB.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado