Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Produção de Melão: da Caatinga para o mundo

O Brasil é referência mundial quando o assunto é produção de frutas. O clima tropical aliado ao domínio da técnica de cultivo, colocam os brasileiros em posição de destaque. Segundo dados da Abrafrutas, cerca de 40% das exportações de frutas do País saem do Rio Grande do Norte. O estado também é líder na produção de melão, somente safra 2021/2022 área plantada no estado ultrapassa os 18 mil hectares com a colheita de cerca de 300 mil toneladas, sendo cerca de 2/3 dessa produção destinada ao mercado externo.

Boa parte dessa produção vem das terras da Agrícola Famosa, empresa de capital nacional, com 26 anos de existência, situada em Mossoró, na divisa dos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. Ao longo de todos estes anos a propriedade consolidou seu nome no agronegócio, caracterizando-se por investimentos em novas tecnologias, pesquisas constantes, respeito ao meio ambiente e compromisso social.

Produção

conteúdo patrocinado

De acordo com Ariana Carvalho Pinto, engenheira agrônoma e gerente do departamento técnico de fitossanidade, são onze fazendas produzindo, que somam uma área plantada de 10mil hectares (ha) de melão. No último ano foram produzidas cerca de 30 toneladas da fruta por ha, o que representou o total de 200 mil toneladas. Entre as variedades cultivadas destaque para: gália, cantaloupe italiano, pele-de-sapo, dino, meluna, amarelo e cantaloupe americano e melancia com e sem semente. “Com a exportação da fruta (principal produto), abastecemos diversos mercados no mundo, também exportamos melancia e um pouco de mamão, mas estes assim como a banana o foco é o mercado interno mesmo”, destacou.

Exportação

Do total produzido 75% é destinado à exportação. São mais de 20 países que recebem os produtos, concentrando-se principalmente nos mercados britânico, holandês, alemão, italiano, português e espanhol. Nos últimos anos a Agrícola Famosa projetou-se como a maior produtora e exportadora de frutas in natura do Brasil, ampliando constantemente seus mercados. Além dos países já abastecidos, a Agrícola Famosa está expandindo suas exportações para Dubai, Singapura, Rússia, Lituânia, Estados Unidos e Canadá.

Entre os principais clientes externos estão Inglaterra e Alemanha, os mais exigentes. “Poucas propriedades conseguem acessar esses mercados, pois o nível de cobrança é muito maior, por outro lado pagam melhor. Temos importantes certificações que atestam os padrões, no protocolo que consta, por exemplo, boa prática agrícolas, alta qualidade de fruta e praticamente zero de resíduos de defensivos agrícolas. São extremamente exigentes nesse ponto”, diz a profissional.

Ainda de acordo com Ariane, o mercado europeu chega a se limitar em relação ao uso de produtos químicos, também é uma exigência socioambiental. “São muitos protocolos que precisamos cumprir para poder exportar para eles”, acrescenta.

Por esse enorme cuidado é que os produtos utilizados nas lavouras são minuciosamente escolhidos. Um dos parceiros da Agrícola Famosa, é a multinacional alemã, DVA Agro, que fabrica soluções para a proteção de cultivos, nutrição vegetal, biológicos e adjuvantes especiais para a agricultura sustentável.

Os produtos da DVA, em sua maioria, têm registro para a utilização dentro da produção orgânica. “Isso é o maior diferencial, são soluções que podem ser usadas na agricultura orgânica substituindo os químicos”, destaca a engenheira agrônoma.

As fazendas também fazem controle biológico cultural. Buscam todas as ferramentas possíveis no mercado, mas desde que atendam aos critérios. “O fato é que a DVA pensa muito em agricultura orgânica, nos traz tranquilidade de muitos produtos não terem resíduos, alguns adjuvantes também são muito bons, por isso são parceiros nossos”, acrescenta Ariana.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado