Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Aena é a única empresa a apresentar proposta e arremata Aeroporto de Congonhas

(Foto: Reprodução)

A Aena arrematou o bloco mais esperado do leilão da sétima rodada do programa de concessões aeroportuárias, que incluiu entre os ativos o Aeroporto de Congonhas, localizado na zona sul da capital paulista, o segundo mais movimentado do país. 

De acordo com a Agência Brasil, não houve concorrência no leilão deste bloco, pelo qual apenas a Aena fez proposta. O valor oferecido foi R$ 2,45 bilhões, o que significou ágio de 231,02% sobre o valor de referência estabelecido em edital. 

A Aena já detém a concessão de seis aeroportos na Região Nordeste, entre eles o de Maceió e do Recife. Com a concessão, válida por 30 anos, a empresa terá todo o bloco SP-MS-PA-MG, que, além de Congonhas, inclui os aeroportos de Campo Grande, Corumbá e Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul; Santarém, Marabá, Parauapebas e Altamira, no Pará; e Uberlândia, Uberaba e Montes Claros, em Minas Gerais. 

conteúdo patrocinado

 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado