Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Varejistas de moda contam com impulso nas vendas do segundo trimestre

(Foto: Pexels)

No segundo trimestre, os varejistas estão contando com alguns fatores para impulsionar seus negócios, dentre eles: o frio antecipado e a retomada dos encontros sociais.

“O período entre abril e junho apresentou forte desempenho, impulsionado por um inverno antecipado, mais rigoroso, e a necessidade de renovação do guarda-roupa, fruto da retomada dos eventos sociais e da maior mobilidade”, disse a Lojas Renner em seu release, publicado no dia quatro de agosto.

O resultado vem sendo comum em vários balanços comerciais, apontando que as coleções de Outono/Inverno estão performando bem. A Lojas Renner, por exemplo, teve um faturamento de R$ 3,17 bilhões, ante projeção de R$ 3,18 bilhões da Refinitiv e com alta de 40,6% no ano.

conteúdo patrocinado

Além de impulsionar o faturamento, o cenário atual permitiu às companhias varejistas cobrarem preços maiores de seus produtos e a melhorarem suas margens através da diluição de custos.

“O desempenho da categoria varejo foi impactado pela venda de produtos de inverno em maio, potencializado pela queda de temperaturas, pela boa aceitação de nossas coleções e collabs, e pela maior mobilidade que resultou em fluxo maior nas lojas”, explicou a C&A em informativo à imprensa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado