Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Brasil perdeu 1,2 milhão de empresas em um ano, mostra pesquisa

(Foto: Pexels)

O Brasil teve 1,2 milhão de Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJs) encerrados entre os meses de abril de 2021 e abril de 2022. As informações são do levantamento IPC Maps 2022, especializado no cálculo de índices de potencial de consumo.

Os que mais encerraram as atividades foram os segmentos de Sociedades Limitadas (Ltdas) e Anônimas (S/As), registrando 11,2%. O destaque vai para o fechamento de 1.026.570 (7,2%) MEIs. Os estados que mais perderam MEIs foram São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia, especialmente nos setores de alimentação e vestuário.

“Os altos impostos associados à proliferação de Microempreendedores Individuais (MEIs) e ao baixo teto de faturamento contribuíram para o encerramento das atividades”, afirma Marcos Pazzini, responsável pelo estudo.

conteúdo patrocinado

De acordo com o IPC Maps 2022, o movimento “evidencia o crescimento do empreendedorismo durante a pandemia em função da perda do emprego, bem como a ocorrência de microempreendedores fantasmas com a abertura de novos cadastros (com outros CPFs), visando driblar o teto de faturamento anual de R$ 81 mil”.

De 21.127.759 empresas ativas no Brasil, quase metade (11,6 milhões) têm atividades relacionadas a serviços. Na sequência, vem o segmento de Comércio, com 5,4 milhões, e Indústrias com 3,4 milhões. O Agribusiness possui mais de 764 mil estabelecimentos. 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado