Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Como transformar a comunicação em lucro? – Por Luís Henrique Alencar

*Coluna por Luís Henrique Alencar, 08/09/2022

Olá leitor, na última semana tive a oportunidade de assistir a uma entrevista do Washigton Olivetto, considerado o maior publicitário do Brasil de todos os tempos. Na oportunidade, ele ressaltou, além de inúmeros aspectos sobre sua trajetória profissional, o que está por trás das campanhas que renderam milhões aos cofres dos seus clientes.

Antes até de comentar sobre o que está por trás das campanhas de sucesso do Washington Olivetto, dois pontos chamaram muita atenção:

conteúdo patrocinado
  1.   O simples é genial!

Partindo da compreensão de que quando há um ruído na comunicação a falha está no comunicador e não no receptor da mensagem, o simples é genial. Conceitos cotidianos, compreensão do público e muito, mas muito consumo de informação, sem preconceito, são a base para uma comunicação simples e efetiva. 

  1.   Vender é fácil, o difícil é continuar vendendo.

Vender uma vez é fácil. Costumo dizer, inclusive, que os primeiros meses de qualquer negócio tende a ser “bom”, visto que amigos e familiares são os principais consumidores. Porém, quando as compras baseadas no incentivo cessam, a realidade vem à tona. Uma comunicação constante, coerente e interessante é o que vai alicerçar a máquina de vendas. O imediatismo não tem vez, a constância é o que constrói o sucesso.

Indo direto ao que interessa, todas as campanhas de sucesso do fundador da W Brasil, há 50 anos fazendo publicidade, tem pertinência, são memoráveis e transformam o consumidor em mídia.

As campanhas precisam ser pertinentes ao público com a qual o produto ou empresa fala e com o problema que o produto ou o serviço solucionará. A pertinência tem a ver com o propósito, com a finalidade com a qual se destina, ou seja, a comunicação tem que ser focada no que o público deseja e não na satisfação de quem a produz.

Outro aspecto é que as campanhas têm que ser memoráveis. Vivemos, principalmente, pela intensidade das redes sociais, a produção de conteúdos e produtos perecíveis. O nível de exigência e conhecimento do consumidor aumentou, logo tornam-se mais escassas as comunicações, campanhas e produtos que marcam.

Por fim, o último pilar por trás de uma campanha de sucesso é transformar o consumidor em mídia. Podemos traduzir isso como marketing boca a boca ou, até, como o cliente promotor das pesquisas NPS. É a cereja do bolo das grandes campanhas. E esse é o aspecto mais quantitativo, por assim dizer, de uma comunicação. Compreende-se que o gasto para adquirir um novo cliente é infinitamente superior ao gasto de mantê-lo. Logo, seduzir e encantar o cliente a ponto do mesmo responsabilizar-se por difundir a sua marca é, financeiramente falando, fantástico! O custo de aquisição do cliente é mais baixo, a receita aumenta, o custo unitário diminui e a margem de lucro unitária aumenta.

 Isso é Lucro! Comunicação é Lucro no Bolso!

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do ENB

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado