Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Minérios podem se tornar maior commodity exportada do Brasil para a China até 2030

(Foto: Divulgação Governo do Ceará)

O Conselho Empresarial Brasil-China lançou um estudo sobre as exportações brasileiras para a China, que prevê a ampliação da pauta de exportações até 2030.

O estudo aponta que o crescimento das exportações para a China até 2030 representa um incremento de US$ 44,5 bilhões, quase 50% das exportações do Brasil para a China em 2022.

O principal incremento será concentrado nas commodities do setor extrativo e da agropecuária, mas também espera-se um aumento nas vendas de produtos farmacêuticos, químicos, máquinas, materiais elétricos e madeiras.

conteúdo patrocinado

O setor de minérios deve desbancar a soja como commodity principal vendida ao maior parceiro comercial do Brasil, com as regiões Sudeste e Norte respondendo por 70% desse crescimento. Três estados principais são Pará, Minas Gerais e Rio de Janeiro, enquanto outros também devem participar do movimento.

A participação da China nas exportações brasileiras passou de 17% em 2012 para 31% em 2021.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado