Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Pequenos negócios do setor de construção lideraram geração de empregos no Brasil em 2022, indica levantamento do Sebrae

(Imagem: Bidvine por Pixabay)

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, comentou que a pesquisa confirma o bom momento da indústria da construção e a retomada consistente do setor de restaurantes, que foi duramente atingido pela pandemia de Covid-19. Ele destacou que o mercado imobiliário aquecido pelo aumento do trabalho em home office impulsionou a geração de novos empregos nas pequenas empresas da construção civil, enquanto os restaurantes mostraram números vigorosos, indicando que superaram definitivamente a crise.

Segundo um levantamento do Sebrae com base em dados do Caged e da CNAE, pequenos negócios do setor de construção de edifícios lideraram a geração de empregos no Brasil no ano passado. Em 2022, esses negócios geraram 87,6 mil vagas, seguidos pelos segmentos de restaurantes, com 68 mil empregos, e serviços de escritório e apoio administrativo, com 44 mil vagas. Lanchonetes e similares, com 38,4 mil, e comércio varejista em geral – supermercados, com 36 mil empregos, também apareceram entre as cinco atividades que mais abriram postos de trabalho.

Melles ressaltou que o bom desempenho do segmento de serviços de escritório e apoio administrativo é resultado do crescimento da abertura de pequenos negócios em 2022, que superou o período que antecedeu a pandemia. Em 2019, foram criadas pouco mais de 3 milhões de pequenas empresas. No ano passado, foram 3,6 milhões de novos empreendimentos, o maior número de empresas de pequeno porte abertas nos últimos quatro anos. “Essas novas empresas demandam mais serviços de apoio administrativo, o que também aqueceu a geração de empregos”, avaliou o presidente do Sebrae.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado