Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Pará confirma caso de vaca louca no interior do estado

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará) confirmou na terça-feira (22) um caso de mal da vaca louca em uma pequena localidade no sudeste do estado.

A propriedade com 160 cabeças de gado já foi isolada, inspecionada e interditada preventivamente. Amostras foram enviadas para um laboratório no Canadá para determinar se a doença é de transmissão clássica, de um animal para outro, ou atípica, desenvolvida espontaneamente na natureza, geralmente em animais idosos.

A Adepará afirmou em comunicado que trabalha com a hipótese de um caso atípico, sem risco de disseminação ao rebanho e ser humano. O órgão também destacou estar em contato permanente com o Ministério da Agricultura e Pecuária, tratando do assunto com transparência e responsabilidade.

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado

Na segunda-feira (20), o Ministério da Agricultura informou que estava investigando um caso suspeito de vaca louca no Brasil, mas não divulgou o local. Especialistas apontam que a morte em pasto aumenta as chances de que a doença seja atípica, desenvolvida espontaneamente na natureza, em vez de transmitida pela ingestão de ração animal contaminada. Isso, em tese, reduz as chances de imposições de barreiras comerciais.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado