Pesquisar
Close this search box.
conteúdo patrocinado

Polícia Federal e Receita Federal miram em contribuintes que fraudaram dados

(Foto: reprodução)

A Operação Dark Book realizada pela Polícia Federal em conjunto com a Receita Federal tem como objetivo combater a prática de crimes de sonegação fiscal e estelionato.

Segundo a PF, a investigação revelou que uma consultoria tributária, juntamente com um consultor financeiro e um contador, retificaram declarações de Imposto de Renda Pessoa Física de profissionais liberais para obter ilegalmente uma restituição maior pelo Leão. O prejuízo estimado ao erário é de R$ 62 milhões.

Além disso, a consultoria também atuou em outras categorias profissionais para evitar o recebimento indevido de restituições. A operação contou com a participação de 10 auditores-fiscais e analistas-tributários, bem como 16 policiais federais, e resultou no cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão em Minas Gerais, expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal da Subseção Judiciária de Belo Horizonte.

conteúdo patrocinado

A Justiça decretou o sequestro e o bloqueio de bens e valores dos envolvidos, que poderão responder judicialmente pelos crimes de estelionato e contra a ordem tributária.

A pena prevista para o crime de estelionato majorado é de até cinco anos de reclusão e multa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado