Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Janeiro: Transporte de carga aérea global tem queda de 14,9%

A declaração de Al Baker foi dada durante o evento online APEX FlightPlan III. Na ocasião, ele disse que a empresa estará pronta para colocar um pedido em um ou dois meses e assim que as fabricantes confirmarem que estão dispostas a desenvolver esses novos modelos de jatos de carga.
Pexels

Segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), a demanda global consolidada por voos cargueiros, medida em toneladas de carga por quilômetro (CTK), teve uma queda de 14,9% em janeiro deste ano em comparação com o mesmo período de 2022. A demanda por voos cargueiros internacionais registrou uma redução ainda maior, de 16,2%.

No entanto, a capacidade dos voos cargueiros aumentou devido à retomada das operações de aeronaves de passageiros, o que permitiu a disponibilização dos porões da frota comercial. Essa expansão compensou a queda das operações com aeronaves dedicadas exclusivamente ao transporte de cargas.

A IATA destaca que diversos fatores devem ser considerados no ambiente operacional, incluindo o cenário macroeconômico global. Entre os destaques negativos, está a diminuição de 3% do comércio global de mercadorias em dezembro, a segunda queda mensal consecutiva. Como fator positivo, há o aumento nos pedidos de exportação, que cresceram pela primeira vez desde outubro do ano passado, principalmente nas exportações da China e dos Estados Unidos, indicando uma estabilização da demanda por produtos manufaturados nas duas maiores economias do mundo.

Publicidade
conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado