Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Brasileiros são alvos mais visados em golpes de phishing pelo WhatsApp

Imagem: Tero Vesalainen/shutterstock.com

De acordo com um relatório da consultoria Kaspersky, em 2022, os brasileiros foram os alvos mais visados no mundo em golpes com links falsos pelo WhatsApp. A empresa de cibersegurança identificou 76 mil tentativas dessa fraude no país somente no ano passado. Os golpistas usam temas populares como isca para induzir as pessoas a compartilhar dados pessoais, em um golpe conhecido como phishing.

Os clientes de serviços de entrega foram os mais afetados pelos ataques, com 27,38% das tentativas contabilizadas pela Kaspersky. Os fraudadores se passam por empresas de logística conhecidas e enviam e-mails sobre problemas com uma entrega. Além disso, lojas virtuais, sistemas de pagamento e bancos também são alvos populares de ataques de phishing.

Segundo a empresa de cibersegurança, se a vítima cair no golpe e fornecer informações, além do acesso à conta e a possível perda do dinheiro armazenado, ela também pode perder sua identidade e credenciais bancárias, que podem ser vendidas na Dark Web.

Publicidade

O WhatsApp concentra 82,71% dos links falsos bloqueados pela Kaspersky. O Telegram vem atrás, com 14,12%, seguido pelo Viber, com 3,17%. No Brasil, o WhatsApp está instalado em 99% dos smartphones, enquanto o Telegram está em apenas 60%, de acordo com um levantamento do site Mobile Time.

Além do Brasil, a Rússia, a Índia, a Itália, a Alemanha e o México também estão na lista dos países mais afetados por golpes no WhatsApp. É importante que os usuários estejam cientes dessas tentativas de fraude e evitem compartilhar informações pessoais com fontes desconhecidas.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado