Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

FIERN apresenta dificuldades enfrentadas pelo setor industrial ao secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Norte

(Foto: FIERN)

Representantes da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN) se reuniram nessa quinta-feira (16) com o secretário Estadual da Segurança Pública e Defesa Social, Coronel Araújo Silva, para discutir as dificuldades enfrentadas pelo setor industrial devido aos ataques criminosos que vêm ocorrendo em todo o estado desde a terça-feira (14). A presidente do Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Geral do Estado do Rio Grande do Norte (SIFT), Helane Cruz, relatou que a transportação dos colaboradores é feita em ônibus e, com os recentes episódios de veículos incendiados, há um forte temor de novos ataques. O vice-presidente da FIERN, Vilmar Pereira, mostrou preocupação com a economia e argumentou que se não tiverem colaboradores, não haverá produção nem venda do produto à população.

Durante o encontro, o diretor primeiro tesoureiro da FIERN, Roberto Serquiz, representando o presidente Amaro Sales de Araújo, apresentou os pleitos de membros de sindicatos que integram a Federação, que incluíram questões sobre o acesso dos colaboradores ao trabalho e o comprometimento no abastecimento e logística. Serquiz e Marcelo Rosado, presidente do Sindicato das Indústrias de Extração de Calcário, Fabricação de Cimento e de Argamassa do Estado do Rio Grande do Norte (SINECIM), apresentaram ao secretário o trabalho realizado pelo MAIS RN, o núcleo de pensamento e planejamento estratégico contínuo da FIERN, que tem um estudo existente sobre cenários futuros na área de segurança pública, oferecendo ao secretário para que possa ser utilizado da melhor forma.

O secretário de Segurança Pública explicou o que tem sido feito desde o início dos ataques e informou que o efetivo policial será reforçado, com a ajuda de policiais dos governos do Ceará e da Paraíba. Ele também se comprometeu a levar os pleitos apresentados pelos representantes do setor industrial para uma reunião com a presença da governadora Fátima Bezerra, dos presidentes da Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça com representantes do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Publicidade

Diante das preocupações dos empresários, o secretário se mostrou disposto a ouvir os pleitos da indústria potiguar e reforçou o compromisso do governo em buscar retomar a normalidade no estado. A FIERN agradeceu a disposição do secretário em ouvir suas demandas e espera que as medidas necessárias sejam tomadas para garantir a segurança do setor industrial e da população.

 

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado