Morre o Ministro Paulo de Tarso Sanseverino, do STJ e do TSE, aos 63 anos

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) perderam um de seus membros neste sábado (8). O ministro Paulo de Tarso Sanseverino faleceu em decorrência de um câncer, aos 63 anos de idade. O magistrado, que era natural de Porto Alegre, ingressou no STJ em 2010, indicado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Sanseverino iniciou sua carreira jurídica como promotor de Justiça no estado do Rio Grande do Sul, onde foi aprovado em primeiro lugar em concurso público. Depois, atuou como juiz estadual por mais de uma década e também como juiz eleitoral. Foi nomeado desembargador em 1999, cargo que ocupou até ser indicado para o STJ, em agosto de 2010.

No STJ, o ministro atuava na Terceira Turma, especializada em direito privado, além de fazer parte da Segunda Seção e da Corte Especial. Sanseverino também integrava o TSE como ministro substituto desde novembro de 2021.

O magistrado possuía vasta formação acadêmica, sendo bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e doutor em Direito pela mesma instituição.

Sanseverino deixa esposa e dois filhos. O velório e o sepultamento serão realizados em Porto Alegre, sua cidade natal.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado