Empraba teve lucro social de R$ 125 bi em 2022

Foto: Emanuel Cavalcante/Embrapa/Amapá

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentou um lucro social de R$ 125,88 bilhões, em 2022. Esse é o resultado do impacto econômico de 172 tecnologias e 110 cultivares desenvolvidas por suas pesquisas. Para cada R$ 1 investido na Embrapa no ano passado, foram devolvidos R$ 34,70 para a sociedade, demonstrando o retorno significativo de seus investimentos em ciência e tecnologia.

Desde 1997, a Embrapa publica anualmente seu Balanço Social, que avalia os impactos econômicos, sociais, ambientais e institucionais de suas soluções tecnológicas.

A metodologia utilizada nesses estudos é a soma dos impactos econômicos de uma amostra dessas tecnologias. A edição mais recente do Balanço Social da Embrapa destaca que suas tecnologias e cultivares foram responsáveis pela geração de 95.171 empregos.

Além disso, desde 1997, a instituição já demonstrou um lucro social acumulado de mais de R$ 1,3 trilhão, gerou mais de 1,7 milhão de empregos, realizou mais de 18 mil ações de relevante interesse social e recebeu mais de 1.300 prêmios e homenagens.

Entre as tecnologias de destaque da 26ª edição do Balanço Social estão um software que faz a gestão ambiental de granjas de suínos, uma tecnologia que substitui carne por fibras do bagaço de caju, uma forrageira que preenche as lacunas identificadas nas cultivares nacionais de capim, uma solução que recupera o mercado da banana-maçã no País, uma pesquisa que consolida a produção nacional de alho-semente livre de vírus, a difusão do conhecimento sobre criação das abelhas nativas brasileiras sem ferrão, um novo trigo para pastejo que acaba com o gargalo alimentar da criação no outono e uma inovação nanotecnológica que combate o desperdício e aumenta a vida de prateleira de produtos de origem vegetal.

O presidente da Embrapa, Celso Moretti, afirma que “números como esses são apenas uma pequena amostra da contribuição da Embrapa e de seus parceiros para tornar a agricultura brasileira um dos principais motores da economia do País”.

De acordo com a supervisora de Monitoramento e Avaliação da Estratégia, Graciela Vedovoto, a diferença no retorno da Embrapa à sociedade, de R$ 23,38 para R$ 34,70, se deve a fatores externos, como o crescimento do impacto da tecnologia da fixação biológica de nitrogênio (FBN), em razão da escassez global de fertilizantes, e a diminuição da receita operacional líquida (ROL).

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado