Google se posiciona contra PL das Fake News e leva multa de R$ 1 milhão

O Google decidiu novamente se posicionar de forma contrária ao projeto de Lei das Fake News (PL 2630/20). Desta vez, a Big Tech utilizou a capa do seu site para chamar atenção com a inclusão de um link com os motivos pelo qual a proposição em análise na Câmara dos Deputados e matéria com o título “O PL das fake news pode aumentar a confusão sobre o que é verdade ou mentira no Brasil”.

Quem acessou pode ver um texto cujo título era: “O PL das fake news pode aumentar a confusão sobre o que é verdade ou mentira no Brasil”: “Se for aprovado do jeito que está, o PL iria na contramão do seu objetivo original de combater a disseminação de notícias falsas. Uma das consequências indesejadas, por exemplo, é que o PL acaba protegendo quem produz desinformação, resultando na criação de mais desinformação”, diz parte do texto escrito pelo diretor de relações governamentais e políticas públicas do Google Brasil, Marcelo Lacerda.

A posição do Google desagradou o governo federal. O ministério da Justiça notificou a empresa e caso o link fosse mantido, o portal de buscas seria multado por hora, em R$ 1 milhão.

O meio utilizado para agir contra o Google foi a Secretaria Nacional do Consumidor. Depois dessa decisão, a big tech recuou e retirou a matéria da capa. Essa não é a primeira vez que a empresa se posiciona de forma contrária ao projeto. Em abril, o site se posicionou através de nota divulgada à imprensa e pediu aos deputados federais para o assunto ser debatido com mais profundidade.

Receba as últimas notícias do Economic News Brasil no seu WhatsApp e esteja sempre atualizado! Basta acessar o nosso canal: CLIQUE AQUI!

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado