Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Fundo Nacional destinado à inovação terá investimentos de R$ 9,9 bilhões

Em última reunião do Comitê de líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) foi aprovada a recomposição integral dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), no valor de R$ 9,9 bilhões.

O FNDCT, criado em 1969, é um fundo de natureza contábil e financeira que tem como objetivo financiar a inovação e o desenvolvimento científico e tecnológico, na intenção de promover o desenvolvimento econômico e social do País.

Em entrevista ao Sebrae, o secretário-executivo do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Luís Fernandes, avalia que as verbas do FNDCT disponíveis para empréstimos favorecem a pesquisa e a inovação. “Preciso destacar a recomposição e liberação integral dos recursos do FNDCT, que volta com força total em 2023. Estamos numa confluência positiva para efetivamente promovermos a inovação no país”, afirmou.

Publicidade

Editada no fim do ano passado, a medida provisória que previa o bloqueio de parte expressiva do FNDCT perdeu a validade este mês. Somando-se a isso, o governo sancionou na semana passada a Lei 14.577/23, que cria um crédito suplementar de R$ 4,18 bilhões para investimento em CT&I, recompondo integralmente os R$ 9,9 bilhões disponíveis para investimentos do fundo em 2023.

O presidente do Sebrae, Decio Lima, enumerou ações que a entidade vem desenvolvendo em prol da inovação. “Estamos em 170 ecossistemas de inovação em todo o Brasil, em 4.700 municípios. Acredito que esse debate da inovação desenhará o futuro das nossas vidas e o legado que deixaremos para o país”, afirmou.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado