Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Setor de shoppings brasileiros apresenta desempenho sólido no primeiro trimestre

Foto: Demian Smit/Pexels

No primeiro trimestre desafiador para as empresas brasileiras, o setor de shopping centers se destacou mais uma vez como um ponto positivo. De acordo com análises de especialistas, os shoppings apresentaram um desempenho sólido no 1T23, impulsionado por vendas consistentes e crescimento nos aluguéis das lojas.

A XP ressaltou que, apesar das comparações difíceis em relação ao primeiro trimestre de 2022, os shoppings alcançaram um bom desempenho, tanto nas vendas quanto nos aluguéis das mesmas lojas (SSR), que cresceram acima da inflação. Além disso, as empresas Multiplan e Iguatemi demonstraram ganhos de eficiência, evidenciados pelo aumento da margem Ebitda.

Os analistas do BTG Pactual também observaram um crescimento sólido nas vendas dos shoppings, impulsionando a receita de aluguel e contribuindo para o aumento do Ebitda ajustado. Embora tenham havido maiores despesas financeiras devido ao aumento no custo da dívida, o lucro líquido consolidado do setor teve um aumento significativo.

Publicidade

Esses resultados positivos levam especialistas a considerar os shoppings como um porto seguro no setor imobiliário e uma boa alternativa defensiva para os investidores. Empresas como Iguatemi, Multiplan e Aliansce Sonae são recomendadas para investimento, com destaque para a desalavancagem da Multiplan, que abre espaço para seus planos de expansão.

Os analistas do Goldman Sachs também destacaram a força dessas empresas, ressaltando seu poder de precificação, balanços sólidos e recuperação dos aluguéis após a pandemia. Eles acreditam que essas empresas ainda estão subavaliadas em comparação com seus pares internacionais, o que as torna uma opção atrativa.

Em geral, as perspectivas para o setor de shoppings no Brasil são otimistas, com a XP, BTG Pactual e outros bancos de investimento recomendando a compra de ações dessas empresas. A liquidez das ações e os preços-alvo estimados indicam um potencial de valorização para os investidores interessados.

De acordo com as casas de análise, Multiplan, Iguatemi e Aliansce Sonae são as principais escolhas do setor, com recomendações de compra e expectativas de crescimento. Com base nessas análises, o setor de shoppings brasileiros continua a se destacar como uma opção atrativa para investidores em busca de segurança e retornos sólidos.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado