Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Real Digital: bem visto por 80%, mas poucos sabem utilidade prática

Lula sanciona aumento do salário mínimo.
Imagem: Suno

De acordo com estudo encomendado pela Cryptum, startup de infraestrutura do tipo “blockchain as a service” (BaaS), 93% dos entrevistados afirmam que já ouviram falar de moedas digitais e 80% disseram ver com bons olhos essa iniciativa. A pesquisa contou com a participação de cerca de 1.041 consumidores de perfil geral, consultados de forma on-line em maio. Um segundo levantamento ouviu 104 executivos C-level de empresas financeiras no mesmo período.

Para 53% dos respondentes do público geral, a novidade deve trazer economia de tempo como um dos principais benefícios associados ao tema. Já 42% esperam uma redução da burocracia, enquanto 37% veem uma maior simplificação de processos relacionados a compras e empréstimos de forma geral.

Já o grupo de executivos do setor financeiro, 35% dos representantes desse grupo disseram já ter ouvido falar do assunto, mas que ainda não entenderam como a moeda digital vai funcionar na prática e outros 28% expressaram descrença quanto à implementação.

Publicidade

Um grupo de 25% dos respondentes do setor financeiro disseram que estão de olho nas discussões em razão do interesse no assunto. Desses participantes, 34% disseram acreditar que as companhias do setor financeiro ainda não estão prontas para adotar o real digital, mas que podem se preparar para a sua implementação dentro de poucos meses.

Outros 30% expressaram pessimismo e não acreditam tão cedo em um ambiente favorável para a futura moeda digital no Brasil.

O levantamento também mensurou os elementos que deixariam o consumidor mais confortável para adotar uma moeda digital. Para 52% dos consultados, é importante que as operações ocorram em uma plataforma segura e preparada contra ataques cibernéticos.

E o Banco Central (BC) desempenha um papel crucial no processo de implementação do real digital. Os resultados mostram que 66% concordaram parcial ou totalmente que se sentiriam mais confortáveis em utilizar o real digital por ser uma moeda emitida pelo governo.

No entanto, 52% dos entrevistados afirmaram não possuir conhecimento suficiente sobre o assunto, o que os leva a se sentirem confusos. Outros 32% não se sentem seguros e 35% se preocupam com a segurança do seu dinheiro e por isso não usariam o real digital.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado