Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Small caps lideram retorno de investimentos em maio

(Foto: Max Bonda/Pexels)

As ações de empresas de menor porte, conhecidas como “small caps”, foram as que apresentaram o melhor desempenho em maio, de acordo com um levantamento realizado pelo buscador de investimentos Yubb.

O índice de small caps da Bolsa brasileira registrou uma valorização acumulada de 13,54% no mês passado, liderando o ranking de investimentos considerados pelo buscador. Essas ações geralmente pertencem a empresas de menor porte dos setores de consumo e imobiliário, com maior ligação com a economia doméstica.

Ao contrário de empresas como Vale e Petrobras, que são mais afetadas pelos preços das commodities no mercado internacional, as small caps são mais sensíveis às taxas de juros e tendem a se beneficiar de projeções de cortes na taxa Selic.

Publicidade

Por outro lado, a poupança, que é o investimento mais popular do país, teve uma valorização de apenas 0,72% em maio. Apesar de ter ficado acima da inflação medida pelo IPCA-15, que subiu 0,58% no mesmo período, a poupança ficou em último lugar entre os investimentos que tiveram valorização no mês.

Diante desse cenário, as small caps têm sido apontadas por especialistas como potenciais candidatas a terem destaque positivo neste ano, especialmente diante das projeções de redução dos juros no segundo semestre.

Logo após as small caps, as BDRs (Recibos Depositários Brasileiros) ficaram em segundo lugar, com um rendimento médio de 5,90%. Esses recibos são negociados na Bolsa brasileira e replicam índices de empresas estrangeiras.

Esse desempenho ocorre em um mês positivo para alguns dos principais mercados acionários dos Estados Unidos, que é um destino favorito para investimentos feitos por gestores locais. O S&P 500, que reúne as maiores empresas do país, teve alta de 0,26% no período, enquanto o Nasdaq, composto por empresas de tecnologia, registrou um aumento de 5,80%.

Completando o pódio, os fundos imobiliários alcançaram o terceiro lugar, e o Ifix (Índice de Fundos de Investimentos Imobiliários), que mede o desempenho médio desses ativos, teve uma valorização de 5,43% em maio.

Entre os 16 tipos de investimentos analisados, o ouro e o bitcoin ocuparam as duas últimas posições, sendo os únicos com desvalorização no período. Por outro lado, o ethereum, outra importante criptomoeda, teve uma alta de 1,40%.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado