Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Stellantis e GM são multadas por descumprir economia de combustível nos EUA

Imagem: Portal Automotive

Documentos vistos nesta sexta-feira (02/06) pela Reuters mostram que a Stellantis e a General Motors pagaram um total de 363 milhões de dólares em multas por não cumprirem os requisitos de economia de combustível dos Estados Unidos em modelos anteriores.

De acordo com a Administração Nacional de Segurança no Trânsito nas Estradas (NHTSA, na sigla em inglês), que administra o programa de Economia de Combustível Média Corporativa (Cafe), as multas recordes incluem 235,5 milhões de dólares para a Stellantis por veículos de 2018 e 2019 e 128,2 milhões para a GM para veículos fabricados entre 2016 e 2017.

A Stellantis disse que as penalidades “refletem o desempenho anterior registrado antes da formação da companhia e não são indicativas da direção da empresa”. A montadora pagou anteriormente um total de 156,6 milhões de dólares em multas para os anos modelo de 2016 e 2017. Já a GM planejava usar créditos para atender ao déficit de conformidade, mas optou por pagar multas, disse a agência federal.

Publicidade

Em março de 2022, a NHTSA restabeleceu um aumento acentuado nas penalidades para as montadoras cujos veículos não atendem aos requisitos de eficiência de combustível para 2019 e além.

Para os modelos de 2019 a 2021, a multa é de 14 dólares, acima dos 5,50, para cada 0,04 quilômetros por litros de veículos novos que não cumpram os padrões de economia de combustível exigidos, multiplicado pelo número de veículos não conformes vendidos. Para o ano modelo de 2022, o valor subiu para 15 dólares.

As montadoras cujos veículos atingem maior economia de combustível do que o necessário podem vender créditos para montadoras que não atendem às regras do programa.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado