Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Governo destina R$ 200 milhões para enfrentamento da gripe aviária

(Foto: Cottonbro studio/Pexels)

Uma medida provisória do Governo Federal foi publicada no Diário Oficial da União, na terça-feira (6), abrindo crédito extraordinário de R$ 200 milhões em favor do Ministério da Agricultura e Pecuária. O objetivo é fortalecer as ações de enfrentamento à influenza aviária de alta patogenicidade (H5N1, conhecida como gripe aviária) no país.

Em nota, o Ministério da Agricultura ressaltou a necessidade de intensificar as medidas de controle e contenção da doença, especialmente diante do estado de emergência zoossanitária vigente no país e dos casos confirmados em aves silvestres em pelo menos quatro estados.

O crédito será direcionado ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) e subsidiará a rápida identificação, testagem e cuidados sanitários dos casos suspeitos. Além disso, as equipes técnicas contarão com reforço para ações pontuais no local.

Publicidade

É importante destacar que o Brasil mantém o status de livre de influenza aviária na criação comercial, conforme reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal. O país continua exportando seus produtos de forma segura. O ministério reafirma que o foco está em aves silvestres e que medidas estão sendo adotadas para garantir a saúde dos animais e da população.

Na segunda-feira (5), o ministério confirmou o primeiro foco de influenza aviária de alta patogenicidade (H5N1) no estado de São Paulo. Uma ave silvestre da espécie Thalasseus maximus, conhecida como trinta-réis-real, foi encontrada no município de Ubatuba, litoral norte. Além disso, mais um foco foi detectado em Niterói, Rio de Janeiro, também em aves da mesma espécie. No total, já foram confirmados 24 focos da doença em aves silvestres nos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado