Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

França fecha contrato de R$ 1 bilhão para projetos de energia e saneamento no Nordeste

Imagem: Pixabay

No dia 14 de junho, o Governo da França estabeleceu convênios no valor de mais de R$ 1 bilhão para financiar projetos de energia e saneamento no Nordeste do Brasil. O presidente do Banco do Nordeste, Paulo Câmara, e a diretora regional da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), Laetitia Dufay, assinaram o acordo em Fortaleza.

Um dos vínculos firmados é com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), no valor de 150 milhões de euros (cerca de R$ 790 milhões). Esses recursos serão direcionados para o financiamento de obras de infraestrutura sustentável, com ênfase em energia renovável e saneamento básico, abrangendo os nove estados da região Nordeste e parte de Minas Gerais.

Os projetos contemplarão áreas como manejo de resíduos sólidos, energia renovável, saneamento básico e cidades sustentáveis. No setor energético, o foco principal será na produção de energia eólica e fotovoltaica. De acordo com Wanger Rocha, diretor financeiro do BNB, o direcionamento inicial dos recursos foi voltado para a energia, mas o saneamento também foi incluído nas discussões, conforme destacado em nota.

Publicidade

Para o Banco do Nordeste, esse financiamento pode impulsionar a geração de empregos e renda para empresas e trabalhadores, além de ampliar o acesso da população a serviços essenciais. Além do repasse de recursos para o BNB, a Agência Francesa de Desenvolvimento assinou outro convênio no valor de 50 milhões de euros (R$ 260 milhões) com o Governo da Paraíba, voltado para o setor de saneamento.

“A região Nordeste, marcada por desigualdades e mais vulnerável aos impactos das mudanças climáticas, é uma prioridade em nosso mandato”, afirmou Laetitia Dufay, representante da AFD, em comunicado.

Com esses convênios, a França demonstra seu compromisso em promover o desenvolvimento sustentável e contribuir para reduzir as desigualdades sociais e os efeitos das mudanças climáticas no Nordeste brasileiro. A parceria entre os governos fortalece a cooperação internacional em busca de soluções inovadoras e efetivas para as questões ambientais e de infraestrutura na região.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado