Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
X
Publicidade
X

Retomada dos preços da arroba do boi gordo: mercado em alta e a recuperação das exportações para a China

Foto: Freepik

Junho de 2023 trouxe boas notícias para o setor agropecuário: os preços da arroba do boi gordo estão em retomada. Depois de seis meses de tensões no mercado, a segunda metade do ano se inicia com perspectivas otimistas. A normalização das exportações do Brasil para a China, retomadas há três meses após um embargo à carne bovina brasileira, também contribui para esse panorama.

O Agro Times buscou a opinião de especialistas para decifrar esse momento. Fernando Iglesias, analista de proteína animal na Safras & Mercado, e Leonardo Alencar, analista da XP Investimentos, lançaram luz sobre preços, oferta, demanda e custos atuais.

Segundo Iglesias, a retomada dos preços foi impulsionada pela diminuição da oferta. “Os frigoríficos enfrentam dificuldades nas escalas, e isso aumenta a necessidade de compra”, esclarece. Apesar da alta nos preços da arroba do boi gordo, Iglesias aponta que isso não deve afetar o varejo.

Publicidade

Enquanto isso, o setor atacadista viu uma pequena recuperação dos preços, com previsão de aumento em julho, impulsionado pela entrada de salários na economia.

No entanto, a oferta segue robusta. “O volume surpreende o mercado. Em 2022, os abates de fêmeas eram de 7%. Este ano, estimamos de 5 a 7%, o que abre espaço para um aumento em 2024”, comenta Alencar da XP Investimentos.

O embargo à China, ocorrido entre fevereiro e março, segurou mais o animal no campo, pressionando a queda no preço da arroba do boi gordo. “Com a volta da China e o preço do boi mais baixo, acredito que vimos um aumento no abate em junho, refletindo em escalas mais curtas e preços em alta em algumas regiões”, analisa Alencar.

Contudo, a retomada das exportações para a China não exclui as preocupações com os preços. A China está comprando com “desconto” em relação ao ano passado. Segundo Fernando Iglesias, as receitas estão menores por conta da queda do valor da carne bovina no mercado internacional.

Apesar dos desafios, o panorama para o segundo semestre de 2023 é positivo. Com o fim do embargo à China e a retomada dos preços, a expectativa é que o mercado de boi gordo continue em alta.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado