Pesquisar
Close this search box.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

China reabre mercado para carne bovina brasileira: 50 mil toneladas liberadas após caso de vaca louca

A pecuária leiteira no Ceará experimentou um notável crescimento em 2022, de acordo com dados recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Foto: Tobi/Pexels

Após o fechamento temporário do mercado chinês para a carne bovina brasileira, devido a um caso isolado de vaca louca no Pará, a China finalmente liberou a entrada de aproximadamente 40 a 50 mil toneladas de carne que estavam retidas em seus portos desde 22 de fevereiro. A liberação oficial ocorreu em 23 de março, no entanto, o desembaraço aduaneiro só foi concedido ontem, 27 de junho, permitindo a entrada das mercadorias no país.

Segundo autoridades brasileiras, a carne liberada, que estava armazenada em condições apropriadas de refrigeração, é adequada para consumo e mantém a sua qualidade por até 180 dias. Os principais beneficiados desta decisão são os pequenos e médios frigoríficos que, agora, poderão concluir a entrega do produto e finalmente receber o dinheiro das vendas.

As estimativas do Ministério da Agricultura do Brasil indicam que o valor da carne retida chega a US$ 1 bilhão. O Ministério da Agricultura foi informado sobre a decisão pela Administração Geral da Aduana Chinesa (GACC) no final da noite de segunda-feira, 26 de junho.

conteúdo patrocinado

Vale lembrar que o caso de encefalopatia espongiforme bovina (EEB), doença popularmente conhecida como mal da vaca louca, registrado no Pará, foi atípico. Isso significa que a doença surgiu organicamente em um animal mais velho e não houve transmissão para o restante do rebanho.

conteúdo patrocinado

MAIS LIDAS

conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado
conteúdo patrocinado